Rádio Justiça: depoimento sem dano em debate hoje

Confira, a seguir, os destaques da programação da Rádio Justiça para hoje, terça-feira, 29.04.2008. Informamos que a programação segue o horário oficial de Brasília (DF), mas que a Rádio disponibiliza em seu sitewww.radiojustica.gov.br – um acervo onde os usuários podem consultar, ouvir ou fazer o download dos programas de seu interesse.

Depoimento sem Dano em debate na Rádio Justiça

O modelo usado no Juizado da Infância e da Juventude de Porto Alegre (RS) para inquirição de crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual poderá ser recomendado em lei nacional. O “depoimento sem dano” está previsto no projeto de lei nº 7.524/2006, de iniciativa da deputada Maria do Rosário (PT/RS). O objetivo é a proteção psicológica da vítima com, por exemplo, o uso de filmadoras para gravar audiências e, assim, evitar o contato da criança com o acusado e a repetição de interrogatórios. A vítima também presta depoimento a uma psicóloga ou assistente social, em lugar reservado. Para falar sobre o tema, Pedro Beltrão e Miguelzinho Martins entrevistam o juiz José Antonio Daltoé Cezar e a assistente social Vanea Maria Visnievski, ambos do Juizado da Infância e da Juventude de Porto Alegre. Também participa do programa “Espaço Forense” a professora e doutora em Direito Penal pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, Alice Bianchini.  A partir das 11h desta terça (29).

Novo presidente da Ajufe é o entrevistado do “Hora Legal”

O juiz Fernando Mattos é o novo presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe). As eleições foram realizadas neste mês e a posse será em junho. Aos 34 anos, Mattos é o segundo mais jovem presidente da Ajufe. É juiz titular da 1ª Vara de Execuções Fiscais de Vitória (ES). Para falar sobre as propostas para a associação, o magistrado é o entrevistado do “Hora Legal” desta terça. Às 7h.

As músicas da vida do advogado e professor da UnB José Geraldo de Sousa Júnior

O advogado e professor da Universidade de Brasília (UnB) José Geraldo de Sousa Júnior é o entrevistado do programa “Na Trilha da Vida”. José Geraldo é especialista em Direitos Humanos e possui diversos trabalhos publicados na área. Fundador da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF), também integrou o Centro Brasil Democrático, entidade de luta pela anistia. No programa, ele conta como foi a chegada a Brasília e lembra as músicas marcantes de sua vida. A partir das 21h.

“Comunidade” discute lotação de transporte coletivo

No Distrito Federal, encontrar assento livre em transporte coletivo fora do terminal rodoviário é algo raro. Os ônibus vivem lotados e, com raras exceções, o passageiro não consegue fazer a viagem com conforto mínimo. Walter Lima entrevista especialistas para saber por que não há fiscalização sobre a quantidade de passageiros para o transporte coletivo. No “Direito Direto” desta terça conheça também os critérios adotados pela Secretaria de Transportes do Distrito Federal para definir os locais das paradas de ônibus e até que ponto o usuário pode influenciar nessa decisão. O “Direito Direto” começa às 15h.

“Um novo caminho para a Justiça” na radionovela do Bicentenário do Judiciário

Após anos de exílio em Londres, Marcos Brasileiro volta para o país com mulher e filho. Aqui ele vê nascer a Nova República, presencia o retorno de um civil à presidência e a elaboração da Constituição de 1988. A Carta define a criação do Superior Tribunal de Justiça, com instalações inauguradas no ano seguinte. Marcos, que além de um bom trabalho fez muitos amigos na época da Constituinte, é convidado para assumir um cargo importante no novo Tribunal. No mesmo ano, o Brasil respira democracia e vive a expectativa da primeira eleição direta para presidente da República. Eis o resumo do 17º capítulo da radionovela especial “Os 200 anos do Judiciário Independente no Brasil”, que vai ao ar nesta terça, nos horários de 8h50, 12h50, 14h50, 18h20, 21h50, 23h50, 1h50, 3h50 e 5h50. A novela conta a história do Brasil, com foco na evolução da Justiça, desde a chegada de Dom João VI ao país. A iniciativa faz parte das comemorações do bicentenário do Judiciário, promovidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Emissoras recebem os boletins da Radioagência Justiça

As principais notícias do Judiciário estão nos jornais das 8h, 12h, 18h30 e 22h30. Os boletins podem ser retransmitidos por outras emissoras. Basta um cadastro pela internet. A Rádio pode ser sintonizada na freqüência 104,7 FM, em todo o Distrito Federal, ou pela rádio web, via internet, no endereço eletrônico www.radiojustica.gov.br. Nas unidades do Poder Judiciário do Acre, os interessados devem acessá-la a partir do link disponível na página do TJAC: www.tjac.jus.br.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 29/04/2008