Rádio Justiça: debate sobre indenização por erro médico

Confira, a seguir, os destaques da programação da Rádio Justiça para hoje, terça-feira, 03.06.2008. Informamos que a programação segue o horário oficial de Brasília (DF), mas que a Rádio disponibiliza em seu sitewww.radiojustica.gov.br – um acervo onde os usuários podem consultar, ouvir ou fazer o download dos programas de seu interesse.

Levantamento sobre o sistema carcerário em destaque na Rádio Justiça

A Corregedoria Nacional de Justiça está fazendo um levantamento sobre o sistema carcerário brasileiro. Os primeiros resultados serão conhecidos em aproximadamente 30 dias. Sobre o assunto, o “Jornal da Justiça” desta terça (3) entrevista o juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Murilo Kieling. Balanço da operação “Big Bang”, promovida pelo Ministério Público e Secretaria de Segurança Pública (SSP) com o objetivo de desarticular quadrilhas na Bahia, e informações sobre seminários para capacitar magistrados sobre a Lei Maria da Penha também são destaque do noticiário. Ainda nesta terça, Caio d’Arcanchy apresenta a segunda reportagem da série especial sobre pesquisas com células-tronco embrionárias depois do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF). O “Jornal da Justiça” é transmitido das 6h às 8h.

E-Jud em discussão no “Espaço Forense”

O E-Jud, sistema processual único da Justiça Federal, deve reduzir pela metade o prazo de tramitação dos processos. Juízes federais e representantes das áreas de tecnologia das cinco regiões da Justiça Federal, do Conselho da Justiça Federal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reuniram-se na sexta-feira (30) para o quarto encontro da comissão nacional do E-Jud. Para falar sobre os resultados do encontro e sobre os benefícios do sistema, o programa entrevista o secretário-geral do CNJ, juiz Sérgio Tejada, e o coordenador-geral da Justiça Federal, ministro Gilson Dipp. Ele visitou os cinco tribunais regionais federais para explicar a importância do E-Jud. Também participa do programa o juiz federal da 2ª Região Alexandre Libonati. O “Espaço Forense” começa às 11h.

“Hora Legal” debate indenização por erro médico

Um paciente ganhou na Justiça R$ 20 mil por danos morais e o mesmo valor por danos estéticos em ação contra o Rio de Janeiro. A decisão é da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado. Em setembro de 1991, ele foi operado de apendicite em um hospital público. Dezenove dias depois da cirurgia ainda sentia dores no abdômen e, sem que os médicos descobrissem a causa, recebeu alta. O motivo das dores foi descoberto bem mais tarde: uma compressa de gaze esquecida em seu abdômen. O paciente foi operado novamente. Por causa de uma infecção, os médicos precisaram retirar o umbigo, o que gerou uma grande cicatriz.  Sobre o tema, o “Hora Legal” entrevista o relator do processo, desembargador Sérgio Jerônimo Abreu da Silveira. A partir das 8h.

Risco de certificado de curso profissionalizante é tema do “Direito Direto”

A oferta de cursos profissionalizantes por correspondência ou presenciais cresceu nos últimos tempos, mas nem sempre as escolas e os certificados concedidos aos alunos aprovados são confiáveis. Como evitar o risco de fazer um curso e descobrir mais tarde que o diploma não tem validade?  O “Direito Direto” desta terça (2) entrevista especialistas sobre o assunto. A partir das 15h.

Radioagência Justiça

Emissoras interessadas podem receber e retransmitir gratuitamente boletins diários produzidos pela Radioagência Justiça. São jornais com as principais notícias do Judiciário transmitidos diariamente. Basta um cadastro pela internet. A Rádio pode ser sintonizada na freqüência 104,7 FM, em todo o Distrito Federal, pelo satélite ou pelo site, no endereço eletrônico www.radiojustica.gov.br. Nas unidades do Poder Judiciário do Acre, os interessados devem acessá-la a partir do link disponível na página do TJAC: www.tjac.jus.br.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/06/2008