PROVITA/AC abre vagas para Advogado e Assistente Social

O Centro de Defesa dos Direito Humanos e Educação Popular do Acre (CDDHEP), visando garantir a execução do Programa de Proteção a Vítimas e Testemunhas Ameaçadas (PROVITA/AC), a partir de convênio com o Governo do Acre, publicou recentemente edital de seleção para o preenchimento dos cargos de Advogado e Assistente Social.

Seleção

O processo seletivo se dará em duas etapas: 1) análise de currículo; 2) teste escrito e entrevista, a ser realizada pela equipe de Monitoramento do Programa Federal e técnicos indicados pela entidade gestora.

A análise de currículo será eliminatória e só serão convidados para a etapa seguinte os candidatos pré-selecionados.

Remuneração

A remuneração mensal é de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), mais tickets refeição no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) mensal. A forma de contratação será em regime de CLT.

Inscrição

Os interessados em efetuar suas inscrições não podem ter vínculo empregatício com os governos Federal, Estadual ou Municipal.

A inscrição consiste na entrega do currículo do interessado no Centro de Defesa dos Direitos Humanos e Educação Popular do Acre (Travessa Cabanelas, nº 40, Bairro 06 de Agosto. 69901-090. Rio Branco-AC), no período de 05 a 25 de fevereiro deste mês, no horário das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Também é possível enviar o material por meio do correio eletrônico cddhep@cddhep.brtdata.com.br, respeitando o prazo de inscrições.

Resultado

O resultado desta seleção será comunicado ao candidato por telefone, e-mail ou pessoalmente no endereço do CDDHEP/AC, que convocará os selecionados para participar de uma capacitação, que ocorrerá nos dias consecutivos à seleção. Esse processo de capacitação também contará com a participação de um membro da Entidade Gestora.

Para mais informações ou esclarecimentos de dúvidas, os interessados podem ligar para o número (068) 3224-8864 (fone/fax) – Secretaria do CDDHEP/AC.

Para as vagas de Advogado e Assistente Social, os candidatos devem possuir as seguintes habilidades e requisitos:

Advogado – 1 vaga
Habilidades e requisitos requeridos:
  • Afinidade com a temática dos direitos humanos;
  • Capacidade de trabalho em equipe interdisciplinar;
  • Capacidade de trabalho com situações de risco e stress;
  • Capacidade de elaboração e sistematização da prática;
  • Comportamento ético nas relações sociais e de trabalho;
  • Habilidades em informática (digitação e Internet);
  • Ter iniciativa, habilidade e criatividade na resolução de problemas;
  • Ser uma pessoa comunicativa , ter sensibilidade e entendimento para as questões sociais;
  • Desenvoltura na língua portuguesa;
  • Curso superior completo em sua respectiva área de atuação;
  • Inscrição regular em seu Conselho Profissional;
  • Disponibilidade para viagens freqüentes e excepcionalmente, para trabalho em finais de semana e fora do horário ordinário de trabalho.
  • Outras especificações desejáveis: Boa articulação com ONG’s, movimentos Sociais e órgãos públicos, além de potenciais parceiros. Experiência de trabalho com os movimentos sociais e/ou ONG’s.

Principais atividades do Advogado no Programa:

  • Colaborar na consolidação da política de direitos humanos na qual se insere o Programa de Proteção à Testemunhas;
  • Subsidiar o Conselho Deliberativo e a Entidade Gestora com as informações que se fizerem necessárias ao cumprimento adequado do Programa de Proteção;
  • Acompanhar, juridicamente, os casos envolvendo testemunhas sob proteção;
  • Orientar, juridicamente, a equipe interdisciplinar em sua intervenção;
  • Realizar atendimento sistemático às testemunhas sob proteção, mantendo-as atualizadas sobre o andamento processual dos casos em que colaboram;
  • Elaborar petições, pareceres e estudos relacionados a casos sob proteção;
  • Realizar triagem e traslado de testemunhas;
  • Apresentar testemunhas sob proteção às autoridades requisitantes, para depoimentos e outras diligências;
  • Relacionar-se com os órgãos que compõem o sistema de justiça e segurança, promovendo parcerias com os mesmos;
  • Alimentar os bancos de dados com as informações pertinentes;
  • Elaborar relatórios periódicos sobre o trabalho realizado;
  • Trabalhar junto à rede de parceiros do Programa.

Assistente Social – 1 vaga
Habilidades e requisitos requeridos:

  • Afinidade com a temática dos direitos humanos;
  • Capacidade de trabalho em equipe interdisciplinar;
  • Capacidade de trabalho com situações de risco e stress;
  • Capacidade de elaboração e sistematização da prática;
  • Comportamento ético nas relações sociais e de trabalho;
  • Habilidades em informática (digitação e Internet);
  • Ter iniciativa, habilidade e criatividade na resolução de problemas;
  • Desenvoltura na língua portuguesa;
  • Curso superior completo em sua respectiva área de atuação;
  • Inscrição regular em seu Conselho Profissional;
  • Disponibilidade para viagens freqüentes e excepcionalmente, para trabalho em finais de semana e fora do horário ordinário de trabalho.
  • Outras especificações desejáveis: Boa articulação com ONG’s, movimentos Sociais e órgãos públicos, além de potenciais parceiros. Experiência de trabalho com os movimentos sociais e/ou ONG’s.

Principais atividades do Assistente Social no Programa:

  • Colaborar na consolidação da política de direitos humanos na qual se insere o Programa de Proteção à Testemunhas;
  • Subsidiar o Conselho Deliberativo e o CDDHEP/AC com as informações que se fizerem necessárias ao cumprimento adequado do Programa de Proteção;
  • Elaborar diagnósticos, pareceres e estudos relacionados a casos de testemunhas sob proteção;
  • Orientar a equipe interdisciplinar em sua intervenção específica;
  • Realizar triagem e traslado de testemunhas;
  • Elaborar relatórios periódicos sobre o trabalho realizado;
  • Propiciar bem-estar às testemunhas e familiares, no que concerne à inserção no mercado de trabalho, escolarização, atendimento médico, odontológico etc.;
  • Atendimento às necessidades básicas das testemunhas e familiares – alimentação, medicamentos, vestuário etc.;
  • Alimentar os bancos de dados com as informações pertinentes;
  • Trabalhar junto à rede de parceiros do Programa.
  • Ter iniciativa, habilidade e criatividade na resolução de problemas;
  • Ser uma pessoa comunicativa , ter sensibilidade e entendimento para as questões sociais.

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 13/01/2011