Projeto Humaitá ganha serviços do Juizado Cível

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Samoel Martins Evangelista assinou, na semana passada, convênio com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra, para implantação de atendimento do Juizado Especial Cível no projeto Humaitá, na estrada de Porto Acre. O objetivo do convênio, que tem duração de cinco anos, é garantir atendimento na área do juizado especial cível aos moradores do projeto, evitando assim seu deslocamento a Rio Branco. O juizado funcionará em uma das salas da Unidade Avançada do Incra no projeto Humaitá e a proposta é de que entre em funcionamento já nos próximos dias.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/11/2005