Projeto de Modernização Institucional: FGV e instituições externas discutem possibilidades de melhorias para o Judiciário

No âmbito do Projeto de Modernização Institucional do Poder Judiciário Acreano, a equipe técnica da Fundação Getúlio Vargas (FGV) coordenou no dia 10 de outubro deste ano o Encontro com as Instituições Externas, realizado nas instalações da Escola Superior da Magistratura (ESMAC).

A reunião de trabalho teve por finalidade obter junto às instituições informações sobre o seu relacionamento com o Poder Judiciário, de forma a colher subsídios relacionados à sua percepção quanto a pontos fortes e oportunidades de melhoria na prestação jurisdicional e no atendimento do cidadão e das entidades externas.

O encontro foi aberto pelo Presidente do TJAC, Desembargador Adair Longuini, que ressaltou a importância de se obter por meio dos usuários e da sociedade contribuições relacionadas ao processo de modernização institucional em curso no Judiciário Acreano.

“Agradeço a disponibilidade e a presença de todos para esta reunião que significa muito para o Judiciário. Os senhores representam parcela expressiva das instituições com as quais o Judiciário lida diariamente e podem contribuir com suas críticas e sugestões neste processo de modernização da nossa Justiça”, disse Adair Longuini na abertura do encontro.

Participaram do encontro representantes das seguintes instituições: Ministério Público do Estado, Procuradoria Geral do Estado do Acre, Procuradoria Geral do Município de Rio Branco, Tribunal Regional Eleitoral do Acre, Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Direção Geral de Polícia Civil, Secretaria de Finanças do Município de Rio Branco, Banco do Brasil, Banco Santander, Eletroacre, Federação do Comércio e Federação das Indústrias do Estado do Acre.

O Projeto

Lançado em agosto deste ano, o Projeto de Reestruturação e Modernização Institucional do Poder Judiciário do Acre tem como principais propósitos desburocratizar processos administrativos, padronizar rotinas, otimizar a aplicação de recursos financeiros e pessoais, e ampliar a obtenção de produtos e resultados.

Ao longo dos últimos dois meses, a equipe de consultoria da FGV, responsável pela execução do projeto, já realizou reuniões com a Magistratura e com o grupo de gestores do Tribunal de Justiça. Além disso, vem promovendo visitas e levantamento de informações nas unidades administrativas e jurisdicionais do Judiciário Acreano.

 

Leia mais:

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 25/10/2011