Projeto contemplado em edital de Penas Pecuniárias da Comarca de Sena Madureira incentiva prática esportiva

Ação estimula a prática do Jiu-Jitsu entre crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade

Por meio do edital do Fundo de Penas Pecuniárias da Vara Criminal da Comarca de Sena Madureira deste ano, 12 projetos captaram recursos, totalizando R$ 45.178,00 em investimentos. Uma das ações contempladas foi o Projeto de Jiu-Jitsu, que leva esta arte-marcial para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. A ação conseguiu R$ 4 mil para aquisição de 22 quimonos e 18 faixas.

Realizado em uma parceira entre o Poder Judiciário do Acre, Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e o Instituto Federal do Acre (IFAC), o projeto tem em torno de 30 participantes e as aulas acontecem na quadra poliesportiva “Professor Hermano Filho”, no campus do IFAC.

O juiz de Direito Fábio Farias, titular da unidade judiciária, reconhece o projeto como caminho para garantir as crianças e adolescentes um futuro longe da criminalidade. “Essa ação vem rendendo bons resultados, inclusive, com alguns alunos se destacando no cenário estadual, já se graduando e conseguindo uma oportunidade de vida por meio da prática do Jiu-Jitsu”.

Além disso, o magistrado salientou a necessidade de estimular e fortalecer a iniciativa. “É um projeto desenvolvido aqui em Sena Madureira há alguns anos e cresce a cada dia que passa. Nós esperamos continuar firmando essa parceria e ampliar o projeto, aumentando a quantidade de alunos. E o dinheiro que vem do Fundo das Penas Pecuniárias contribui no êxito do projeto”, disse.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,