Projeto Cidadão entrega donativos arrecadados no Mutirão da Solidariedade

Na manhã de ontem, 8 de janeiro, o Projeto Cidadão e o Banco do Brasil, parceiros na campanha Mutirão da Solidariedade, entregaram 20 toneladas de alimentos a 10 instituições de assistência social do Estado.

O Coordenador do Projeto Cidadão, Desembargador Arquilau de Castro Melo, e o gerente do Banco do Brasil, Manoel Jerônimo, representando a Superintendência da Instituição, realizaram a entrega dos donativos na unidade do Corpo de Bombeiros, situada no Bairro Distrito Industrial.

Os donativos foram arrecadados pelo Banco e empresas ligadas à entidade financeira durante o mês de dezembro, em seguida repassados à Coordenação do Projeto.

Realizada há 6 anos, a Campanha é uma iniciativa do Projeto Cidadão que este ano beneficiou o Lar dos Vicentinos, o Educandário Santa Margarida, a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), o Movimento dos Hansenianos (MOHAN), as famílias cadastradas no Comitê da Cidadania Contra a Fome e a Miséria, o Centro de Recuperação para Dependentes Químicos Enock Balbino, administrado pela Associação dos Pais e Amigos dos Dependentes Químicos (APADEQ), e quatro creches comunitárias da capital Rio Branco.

Desenvolvido há 12 anos pelo Tribunal de Justiça, o Projeto Cidadão é fruto da parceria com órgãos federais, estaduais, municipais e não-governamentais, com a finalidade de assegurar à população acreana de menor poder aquisitivo o direito à documentação básica, bem como o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos da área social: saúde, educação, meio ambiente, segurança e trabalho.

“Para o Projeto Cidadão, que desenvolve um trabalho voltado para a área social, é muito gratificante realizar campanhas que nos permitam ajudar ainda mais as pessoas carentes. Esperamos que todos os beneficiados possam multiplicar esta doação”, disse o Desembargador Arquilau Melo.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 09/01/2008