Projeto Cidadania e Justiça na Escola: Encerrado o segundo ciclo de palestras nas escolas de Rio Branco

O Tribunal de Justiça do Acre e a Escola Superior da Magistratura do Acre (Esmac) encerraram neste mês o segundo ciclo de palestras do Projeto Cidadania e Justiça na Escola. Cerca de 150 alunos da 5º série das escolas Chico Mendes e Padre Peregrino receberam a palestra “Cidadania: direito e deveres”.

As palestras foram realizadas no dia 10 de julho, na Escola Chico Mendes, pelo juiz de Direito Gilberto Matos, titular da 1º Vara Cível de Rio Branco, nos turnos matutino e vespertino.

Já no dia 13, a palestra foi ministrada na Escola Padre Peregrino, no Conjunto Tucumã, pela juíza de Direito Mirla Cutrim, titular da Vara de Execução Fiscal da Capital, com participação da juíza Maria Penha.

Os alunos tiveram acesso à Cartilha da Cidadania, cujo objetivo é desenvolver no jovem cidadão brasileiro a consciência de seus deveres, bem como ensiná-los a cultura e os meios para exercício pleno da cidadania.

O encerramento do ciclo de palestras ficou por conta do juiz Gilberto Matos, no dia 17, que esteve com os alunos do turno matutino, novamente da Escola Padre Peregrino.

Desde o início do primeiro ciclo de palestras até agora, cerca de 230 alunos já participaram do projeto somente em Rio Branco.

O Projeto Cidadania e Justiça na Escola é coordenado pela desembargadora Eva Evangelista, criado e implementado nacionalmente pela Associação de Magistrados Brasileiros, e tem por objetivo conscientizar crianças e estudantes sobre temas como democracia, direitos e deveres, estrutura e atribuições do Poder Judiciário.

As próximas palestras estão previstas para ocorrer no próximo dia 2 de agosto, nas escolas Álvaro Vieira da Rocha e Anice Adib Jatene, também em Rio Branco.

  • Objetivo do projeto é a conscientização de crianças sobre democracia, direitos e deveres, bem como sobre a estrutura e as atribuições do Poder Judiciário.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 10/06/2015