Projeto Cidadania e Justiça na Escola chega a Porto Walter

O Tribunal de Justiça do Acre iniciou no mês de junho o Projeto Cidadania e Justiça na Escola no interior do Estado. A etapa começou no distrito judiciário de Porto Walter, com a apresentação da palestra “Os três poderes” nas escolas Manoel Moreira Pinheiro e Borges de Aquino, no dia 18 do mês passado.

O evento fez parte da semana de trabalho desenvolvido pela 2ª Vara Criminal de Cruzeiro do Sul no município. As palestras foram ministradas durante os turnos matutino e vespertino para os alunos da 5ª e 6ª séries, e a apresentação ficou por conta da juíza Andréa Brito, titular da unidade judiciária. O promotor de Justiça Leonardo dos Santos, e o representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre, João Tota.

O servidor da 2ª Vara Criminal, Jorge de Almeida, permaneceu com os estudantes e professores orientando os trabalhos. Todas as turmas se reuniram no auditório da Pastoral da Criança, e apresentaram para os participantes do evento diversas atrações, traduzindo suas interpretações sobre o material divulgado.

De acordo com a juíza Andréa Brito, o resultado não poderia ser mais positivo: “Estou duplamente feliz, não só por participar de projeto tão grandioso, mas, especialmente, por divulgá-lo num dos locais de mais difícil acesso do nosso Estado, que, certamente, hoje, é a parcela da sociedade que mais necessita da presença real e efetiva dos poderes e, principalmente, de se fazer valer seus direitos de cidadãos.”

Como medida de incentivo, em parceria com a Pastoral da Criança de Porto Walter e a 2ª Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, foi lançado um concurso de redação e poesia sobre o conteúdo da cartilhas educativas distribuídas aos alunos. A partir de um conjunto de regras simples, os professores selecionarão os dez melhores trabalhos e o corpo de juízes de Cruzeiro do Sul escolherá a peça que será premiada com um notebook.

Veja, a seguir, alguns vídeos da atividade em Porto Walter.

No vídeo gravado na Pastoral da Criança, palestrante explica para os alunos as atribuições dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Juíza Andréa Brito fala sobre a importância da conscientização das crianças sobre seus direitos e deveres para a construção de uma sociedade mais justa.

“A máquina da verdade”: o teatro como instrumento lúdico a serviço da construção da cidadania.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 07/07/2015