Projeto Bosque Florido é anunciado em Reunião de Alinhamento da Administração

Com o objetivo de melhor alinhar a linguagem entre os gestores da atual administração no âmbito do Poder Judiciário Acreano, a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Cezarinete Angelim, reuniu em seu gabinete nesta segunda-feira (13) diretores, gerentes e assessores. No encontro, ela reiterou a necessidade do comportamento proativo das equipes de trabalho, no sentido de otimizar a prestação de serviços aos cidadãos.

reuniao_gerentes_diretores_tjac_abr15_1

De forma didática, a desembargadora-presidente lançou mão de exemplos do dia-a-dia para incentivar iniciativas para uma maior abrangência de sua administração. “Vocês estão aqui porque foram escolhidos. Todos têm sua missão. Temos que fazer, não podemos ter medo de errar, pois só erra quem faz”.

Para reforçar seu entendimento, Cezarinete Angelim convocou o supervisor do Parque Gráfico, Aidono Belmonte, que apresentou um trabalho de reciclagem, a partir de material já com prazo de validade vencido. A líder do TJAC elogiou o servidor pela iniciativa e pela efetividade do trabalho executado.

reuniao_gerentes_diretores_tjac_abr15_2

Ao falar sobre o projeto “Bosque Florido”, projeto inédito no Judiciário Estadual, a presidente da Corte de Justiça Acreana destacou que aqueles que ali estavam presentes representavam o verdadeiro bosque no contexto da instituição, cujo trabalho irá se refletir em ações concretas (flores) que trarão resultados e frutos para as comunidades interna e, principalmente, externa.

Ainda durante o encontro, a Diretoria de Informação do Tribunal procedeu com a apresentação dessa iniciativa, que será lançada na quarta-feira da semana que vem.  Com o slogan “Cuidando do meio ambiente, preservando o planeta”, o “Bosque Florido” é a primeira de uma série de ações que serão implementadas nestes dois anos de gestão, as quais visam promover a responsabilidade social e a economia de recursos e, não menos importante, o estabelecimento de metas de redução de consumo de energia, água, papel, telefonia e descartáveis.

O Bosque Florido faz parte do programa “Natureza Viva” e será iniciado com a plantação, na sede do TJAC, de 12 mudas da espécie Jacarandá-mimoso (cujo nome científico é Jacaranda mimosaefolia e a origem na Argentina América do Sul, Argentina) e de outras espécies – que terão como mantenedores os próprios desembargadores que integram o Tribunal de Justiça Acreano.

O objetivo do projeto é transformar a paisagem austera do Tribunal em um espaço mais leve, acolhedor, de maior bem-estar para os que trabalham e visitam o prédio, como também promover a sintonia com o meio ambiente.

No decorrer da reunião, Cezarinete fez questão de apresentar um vídeo motivacional, com foco no incentivo à humildade e da cooperação, que, sem dúvida, fortalece o trabalho em equipe e abre um horizonte de conquistas.

Para arrematar o encontro, a juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, destacou uma matéria da revista “HSM Management”, que tratava sobre o que faz umas equipes se destacarem mais do que outras nas empresas e instituições. Segundo a publicação, a espiritualidade – que não pode ser confundida como religião -, é o grande diferencial.  A espiritualidade atuaria em processos avançados das atividades de raciocínio, contribuindo para o surgimento de “possibilidades de automotivação, autoconhecimento, autoconfiança e de autogestão”.

reuniao_gerentes_diretores_tjac_abr15_3

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 28/04/2015