Programação de encerramento da Semana das Mães tem música, homenagens e alegria

Participação de diversos profissionais da Justiça e do Coral do TJAC, homenagens, e stand de fotografias celebraram o dia festivo.  

Embalada pelas vozes do Coral do Judiciário e pelo clima de alegria que tomou conta do Palácio da Justiça, a programação da Semana das Mães foi encerrada oficialmente nesta sexta-feira (12). O evento também teve stand de fotografias, homenagens, e a participação de diversos profissionais da Instituição.

A atividade foi conduzida pela desembargadora Waldirene Cordeiro, que representou a Presidência do Tribunal de Justiça do Acre, vez que a desembargadora Denise Bonfim cumpre agenda de trabalho fora do Estado. Diretora do Foro da Comarca de Rio Branco, a juíza de Direito Maha Manasfi também esteve presente, a exemplo de outros magistrados que prestigiaram a festividade, além de diretores, gerentes, assessores e servidores.

“As diversas ações que aconteceram nestes últimos dias em unidades administrativas e judiciárias – voltadas à saúde, bem-estar e autoestima -, demonstram o cuidado e atenção, especialmente com as mães, sejam magistradas, servidoras ou colaboradoras”, disse a corregedora geral da Justiça.

Ao destacar que as mães são os verbos de ligação com os filhos, os sustentáculos das famílias, ela lembrou as palavras da poetisa Cora Coralina, para quem a “mãe é renovadora e reveladora do mundo”, pois a humanidade se renova no seu ventre. “A força desse amor é incondicional. É momento de externar a gratidão e afeto para com todas as mães presentes”, finalizou.

Waldirene Cordeiro citou ainda uma mensagem recebida pelo seu filho, João Cordeiro, que também trazia uma poesia os papéis exercidos pelas mães em todo planeta. “Mães, em todo mundo, acodem, cuidam, perdoam, ensinam e se engradecem a cada aprendizado (…); com um sentimento que as torna iguais, o amor pelos seus filhos”.

Com uma longa folha de serviços prestados, após décadas a fio no Judiciário, a servidora aposentada Helenir Muniz demonstrou sentimento de gratidão pela programação. “A gente sente um verdadeiro carinho, respeito, valorização e reconhecimento por parte da Administração do Tribunal. Só tenho que agradecer por fazer parte deste momento”, disse.

 O Coral do TJAC apresentou duas músicas, preparadas especialmente para a ocasião. Em um primeiro momento, “Maria, Maria” (de Milton Nascimento e Fernando Brant). E, depois, “Como é grande o meu amor por você” (de Roberto Carlos). As 13 vozes se uniram no palco na sintonia e beleza que deram o tom festivo à programação.

Regido pelo maestro Israel Lira, o Coral é formado exclusivamente por servidores do Judiciário Acreano, revelando os talentos musicais.

A mãe mais experiente no evento, Suely Batista, e a mais jovem, Francyelle Costa, foram homenageadas com um buquê de flores, entregues pelas mãos da desembargadora Waldirene Cordeiro.

“Estou muito surpresa com esta bela homenagem. Não tenho nem palavras para agradecer”, afirmou emocionada a senhora Suely Batista.

Já Francyelle Costa não conseguiu evitar o choro pelo significado da condição materna, não conseguindo expressar em palavras o que sentia.

O registro fotográfico com todas as mamães presentes no auditório do Palácio da Justiça celebrou o estado de viva satisfação e harmonia catalisado pela solenidade.

Antes e depois do evento, as mamães participaram de sessões de cliques, no stand de fotografias, devidamente caracterizado para a data especial.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 15/05/2017