Programação da 15ª Semana Nacional de Museus alcança sucesso de público

Objetivo da atual gestão é dar maior dinâmica ao Palácio da Justiça, com atividades culturais que despertem maior aproximação com a sociedade.

A média de 400 visitantes em apenas cinco dias retrata o sucesso de público que foi a 15ª Semana Nacional de Museus, realizada no Palácio da Justiça. Entre a manhã de 15 e o final da tarde de 19 de maio, foram mais de 80 pessoas/dia. São números que se transformam exposições, sarau, palestras, exibição de filmes, arte e cultura.

A iniciativa faz parte das diretrizes da atual gestão do Tribunal de Justiça do Acre, que tem incentivado atividades diversas nessa área, especialmente com o trabalho desenvolvido pela Diretoria de Informação Institucional (Diins), por meio da Gerência de Acervos (Geace).

Também é uma possibilidade de se mostrar à sociedade um lado mais sensível da Justiça, catalisado pelo despertar da cultura, e aproximação com os cidadãos.

A 15ª Semana Nacional de Museus foi uma temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), uma autarquia federal, em comemoração ao Dia Internacional de Museus – comemorado em 18 de maio. Nesta edição, mais de mil museus de todo o país ofereceram ao público 3.000 atividades especiais diversas.

No caso da programação no âmbito do Palácio da Justiça, os principais destaques foram o sarau de poesia que envolveu diversos estudantes da rede pública de ensino; e os filmes de artes que encantaram alunos de diversas escolas públicas e privadas da Capital; e as palestras com o historiador Marcos Vinícius, e com o professor Sérgio Roberto.

Não menos importante, o Serviço Social do Comércio no Acre (SESC/AC) contribui com a exposição de arte intitulada “Resistência”. Esse trabalho coletivo é uma forma de expor objetos, quadros, desenhos, performances, pinturas, etc., de artistas locais que participam constantemente da construção e criação da arte e cultura acreana. A ideia é propor o questionamento e a desconstrução das temáticas lineares, propiciando o significado amplo, e várias interpretações sobre as obras.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 22/05/2017