Programa Começar de Novo: Reeducandos formados em curso de cabeleireiro atuam em ações voluntárias

Os reeducandos formados no curso de cabeleireiro oferecido pela Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas (Vepma) de Rio Branco já começaram a colocar em prática o conhecimento adquirido.

Mal receberam os certificados do curso profissionalizante há duas semanas, eles já realizaram dois atendimentos voluntários.

Os reeducandos realizaram 80 cortes de cabelos de ambos os sexos, em evento organizado pela Associação de Moradores do Bairro Boa União.

Já na semana passada, o atendimento foi destinado a 25 mulheres, concluintes do curso de formação do programa Justiça Comunitária, sendo que lhes foram oferecidos gratuitamente com escovas, pranchas, penteados, dentre outras.

A maioria desses reeducandos já concluiu o curso e, embora já possam cobrar pelo serviço, fazem atendimentos gratuitos. É uma forma de se integrar socialmente e promover a cidadania.

A iniciativa da Vepma ocorre por meio do Programa Começar de Novo, idealizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Está marcado para o próximo dia 28, um atendimento especial na escola Luiza Batista de Souza, no Conjunto Esperança.

No Estado do Acre, o Programa é coordenado pela juíza de Direito Maha Manasfi, titular da unidade judiciária. Um dos objetivos é sensibilizar órgãos públicos e privados e da sociedade civil em geral para a abertura de postos de trabalho e qualificação profissional aos egressos do sistema prisional.

 

S E R V I Ç O

Vara de Penas e Medidas Alternativas da Comarca de Rio Branco
Fórum da Avenida Ceará, nº 2692. Bairro Abraão Alab. Rio Branco-AC.
Telefone: (68) 3211-5365. E-mail: vepma-rb@tjac.jus.br.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 06/07/2015