Processo de Virtualização chega a Sena Madureira

Após alcançar o elevado índice de 90% das unidades judiciárias virtualizadas em Rio Branco, o Tribunal de Justiça do Acre continua levando adiante os trabalhos pelo interior do Estado.

Agora é a vez da Comarca de Sena Madureira conhecer os benefícios do processo em meio eletrônico. O desembargador-presidente do TJAC, Adair Longuini, ao lado do juiz-auxiliar da presidência, Laudivon Nogueira, visitou no dia 25 a unidade judiciária, localizada a 142 km da Capital, Rio Branco.

“Ao invés de pagarmos a uma empresa para executar o serviço, preferimos que os próprios servidores conduzíssem a virtualização. Assim, à medida que realizem o trabalho, os senhores já estarão aprendendo a manusear a ferramenta e dela extrair todos os recursos possíveis”, explicou Adair Longuini.

Ele foi recebido pelos juízes Edinaldo Muniz e Zenice Mota, que respondem pelas Varas Criminal e Cível, respectivamente, e também pelos servidores das duas unidades.

O desembargador ressaltou ainda a importância do projeto de reestruturação e modernização administrativa do Judiciário do Acre, que vem sendo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) desde setembro de 2011.

Os principais propósitos do trabalho são “desburocratizar processos administrativos, padronizar rotinas, otimizar a aplicação de recursos financeiros e pessoais, e ampliar a obtenção de produtos e resultados”, lembrou o presidente. Com isso, o Judiciário Acreano terá mais “eficiência, organização e transparência em sua gestão”, afirmou Longuini.

Digitalização

Os trabalhos na Comarca de Sena Madureira começaram na semana passada, com a previsão de serem digitalizados 1.439 processos.

Iniciado em julho de 2011, atualmente o Projeto de Virtualização se desenvolve simultaneamente em quatro frentes de trabalho no Estado do Acre:

1) Comarca de Rio Branco;
2) Comarca de Senador Guiomard e Vale do Acre;
3) Comarca de Bujari e Vale do Juruá, que hoje se encontra em Sena Madureira;
4) Comarca de Cruzeiro do Sul.

Mapa da virtualização

Os interessados já podem conhecer e acompanhar o andamento dos trabalhos de virtualização por meio de um infográfico disponível na página principal do Portal do TJAC (www.tjac.jus.br). A ferramenta é constantemente atualizada e informa qual a situação de cada comarca em relação ao processo de virtualização.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 09/07/2015