Prestação jurisdicional: Poder Judiciário Acreano dobra velocidade de links de Internet de comarcas do interior

Mudança busca garantir mais eficiência, produtividade e segurança às atividades informatizadas da Justiça Estadual.

A partir desta semana as comarcas de Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Feijó, Sena Madureira, Senador Guiomard e Tarauacá passam a contar com nova velocidade nos links de comunicação via Internet.

A mudança, levada a cabo graças ao esforço da Presidência do Tribunal de Justiça do Acre, por meio da Diretoria de Tecnologia da Informação do TJAC (Ditec), busca garantir mais eficiência, produtividade e segurança às atividades informatizadas do Poder Judiciário Acreano, com vistas, em último aspecto, à própria melhoria da prestação jurisdicional no Estado.

storage_tjac

Na Comarca de Cruzeiro do Sul, que circunscreve o segundo município mais populoso do Acre, a velocidade passou de 4 para 8 Mbits. Já as comarcas de Brasiléia, Feijó, Sena Madureira, Senador Guiomard e Tarauacá têm agora à sua disposição links de 4 Mbits em alternativa aos antigos, de apenas 2 Mbits, dobrada, assim, a velocidade de comunicação.

Já a Comarca de Rio Branco recebeu um segundo provedor de dados, em atenção ao que prevê a Resolução nº 211/2015 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tendo sido mantida, por outro lado, inalterada a velocidade de 100 Mbits.

A ação possui significado estratégico, levando-se em conta que todos os processos administrativos e judiciais do TJAC encontram-se hoje virtualizados, o que permitiu expressiva melhoria nas atividades desenvolvidas pela Justiça Acreana, com o reconhecimento do CNJ.

A intervenção atende ainda, parcialmente, à demanda crescente de procedimentos de peticionamento eletrônico realizados pelos advogados em atuação no Estado, contemplando, assim, também pedido nesse sentido formulado pela presidência da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) à atual gestão do TJAC.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 30/08/2016