Presidente se reúne com líderes d para discutir parcerias pelo desarmamento

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Samoel Evangelista participou nesta quarta-feira de uma reunião com pastores e líderes da Assembléia de Deus em Rio Branco para discutir o apoio da igreja à campanha do desarmamento e ao comitê Acre Sem Armas. Evangelista foi à reunião acompanhado do deputado estadual Fernando Melo (PT) que representou a Assembléia Legislativa. Evangelista e Melo foram recebidos na sede da Assembléia de Deus em Rio Branco pelo pastor Luiz Gonzaga. Durante a reunião, o presidente do TJ explicou aos pastores e líderes o trabalho que está sendo realizado pelo comitê Acre Sem Armas e a importância do apoio de toda a sociedade à campanha do desarmamento. Os pastores da Assembléia de Deus, a exemplo de líderes Batista e da Igreja Católica, se comprometeram a trabalhar a campanha em suas igrejas e ceder espaço em seus eventos para a divulgação da campanha do desarmamento. No próximo dia nove, Samoel Evangelista participará de uma ampla reunião com pastores e líderes das igrejas evangélicas de Rio Branco para reforçar a proposta de engajamento dos evangélicos à campanha. Reunião do Comitê adiada para Segunda-feira O comitê que organiza a campanha contra o desarmamento no Estado do Acre se reúne, na próxima segunda-feira, na sala do Interlegis da Assembléia Legislativa. Trata-se de uma reunião de encaminhamento das ações a serem realizadas no Estado nos próximos dias. A reunião deveria ser realizada nesta Quinta-feira, mas foi suspensa em função da reunião do Comitê Nacional a favor do desarmamento, em Brasília e que contará com a participação da deputada federal Perpétua Almeida (PcdoB), uma das coordenadoras da campanha no Acre. O objetivo do comitê é atuar na conscientização da população acreana quanto à importância do desarmamento. A expectativa é que a campanha tenha atingido seus objetivos até outubro, mês de votação do referendo que definirá a proibição ou não do porte de armas de fogo. Pesquisas de opinião pública mostram que 81% do povo brasileiro diz sim ao desarmamento, o que reforça a participação de toda a sociedade acreana na campanha Fonte: Assessoria de Imprensa do TJAC

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/08/2005