Presidente Pedro Ranzi recebe comitiva de prefeito e vereadores de Acrelândia

O Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, recebeu na última semana a visita de comitiva formada pelo prefeito de Acrelândia, Carlos César Nunes de Araújo, presidente da Câmara Municipal, Fernando José da Costa, vereadores Djalma Pessoa, Humbertino de Jesus e Acrescino de Souza, e pelo chefe de gabinete da Prefeitura Suede Chaves.

Durante reunião, os parlamentares elogiaram o trabalho que o Judiciário vem desenvolvendo na cidade, e apresentaram ao Presidente pedido para que seja designado um Juiz titular para o município. "Na verdade, viemos aqui para conversar e discutir a possibilidade de ampliar os serviços da Justiça, que já são bons, em nosso município, principalmente com a presença de um Juiz titular", disse o prefeito Carlos de Araújo.

O parlamentar ressaltou também que a prefeitura sempre estará aberta a celebrar parcerias com o TJAC, que proporcionem a melhoria de vida da população. A Comarca de Acrelândia, distante 122 quilômetros de Rio Branco, está sob a competência prorrogada do Juiz de Direito Substituto Gilberto Matos, que também responde pela Comarca de Plácido de Castro.

Uma das prioridades da atual administração do Judiciário Acreano é justamente o fortalecimento das unidades judiciárias distantes de Rio Branco. Somente neste ano, o TJAC já empossou 18 novos Juízes Substitutos, para ampliar o acesso do cidadão à Justiça. O Presidente Pedro Ranzi realizou recente visita à Comarca de Acrelândia, com o intuito de planejar adequações estruturais e reforço no quadro de pessoal.

O Desembargador considerou a solicitação pertinente. “O pedido dos senhores é justo, e o Tribunal já vem trabalhando com essa possibilidade. O município terá sim um Juiz titular. Isso ainda não aconteceu porque os novos juízes estão nos auxiliando aqui na Capital para cumprimento da Meta 2. Brevemente, um deles será nomeado para responder por Acrelândia. É uma questão de tempo”, esclareceu. O Presidente disse, ainda, que o TJAC sempre estará aberto ao diálogo e a discutir estratégias e parcerias que visem maior acesso da Justiça, melhor atendimento e celeridade processual. 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 10/09/2009