Presidente do TJ de Roraima faz visita ao Acre

Interessado em conhecer o funcionamento da Justiça acreana e, em especial, o trabalho que vem sendo realizado pela administração do desembargador Samoel Martins Evangelista na área de capacitação de magistrados, através do MBA em Gestão do Poder Judiciário e na gestão da informação, o presidente do Tribunal de Justiça de Roraima, desembargador Mauro Campello, esteve nesta quinta-feira visitando a sede do Poder Judiciário Acreano. No gabinete do desembargador Samoel Evangelista, Campelo e o Diretor do Departamento de Recursos Humanos do TJ/RR, Wellington Hoppe puderam conhecer melhor o funcionamento da estrutura da justiça acreana nas 15 comarcas instaladas no Estado, assim como o funcionamento dos Centros Integrados de Cidadania em cidades distantes como Marechal Thaumaturgo e Santa Rosa do Purus. Durante a visita, o desembargador Samoel Evangelista fez uma rápida palestra sobre o sistema do Poder Judiciário Acreano e seus principais projetos, como o Projeto Cidadão e a Justiça Comunitária. Samoel Evangelista levou ainda o desembargador Mauro Campello e o diretor Wellington Hoppe para conhecer as obras de restauração do Palácio da Justiça, que está em fase de acabamento. A tarde, Mauro Camepllo visitou o Fórum Barão do Rio Branco e a coordenadoria de informática. O presidente do TJ de Roraima disse, durante a visita, que os Tribunais de Justiça do Norte têm problemas comuns e defende uma maior integração entre as administrações nas solução destes problemas. “Muitos dos problemas que temos em Roraima são semelhantes aos do Acre, mas também temos muito o que aprender com o Tribunal de Justiça do Acre, por isso a minha visita. Tenho interesse principalmente na experiência de capacitação de magistrados, que nós iremos implantar nos próximos meses e na área de informática, onde há muito a trabalharmos”, disse Campello lembrando que o sistema de Juizado de Trânsito de Roraima, por exemplo, foi implantado com base na experiência do Acre.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 03/08/2006