Presidência do TJAC institui Gabinete Itinerante para otimização dos serviços em Rio Branco

Objetivo é fortalecer a interlocução permanente com os gestores das unidades judiciárias, servidores e comunidade.

“Estou há 15 anos na Magistratura do Acre e nunca vi nada assim. Sinto-me feliz com essa iniciativa da desembargadora, de acompanhar e sentir o nosso dia a dia”. As palavras da juíza de Direito Luana Campos dão o tom sobre a relevância do Gabinete Itinerante da Presidência do Tribunal de Justiça do Acre, cujos trabalhos foram iniciados nesta segunda-feira (4), no Fórum Criminal de Rio Branco.

gab_intinerante_tjac_4

Conduzida pela desembargadora-presidente desembargadora Cezarinete Angelim, a reunião teve as presenças da juíza-auxiliar da Presidência, Mirla Regina, dos juízes Maha Manasfi (diretora do Foro da Comarca de Rio Branco), Edinaldo Muniz, Shirlei Hage, Carolina Bragança e Luana Campos. Diretores, gerentes e assessores que integram a equipe da atual gestão também estiveram presentes.

“Estamos aqui para ouvi-los, conhecer de perto a realidade e, dentro do que for possível, atender as necessidades e dar as melhores condições de trabalho e estrutura para que os senhores possam oferecer os melhores serviços à população”, destacou a presidente do TJAC.

gab_intinerante_tjac_7

Cezarinete Angelim fez questão de ouvir os magistrados, um a um, ocasião em que os diretores anotavam as suas demandas, sugestões e reclamos. Ao mesmo tempo, eram dados encaminhamentos ou discutidas soluções a curto e médio prazos.

“Essa é uma aproximação e contato muito importantes, pois podemos nos ater aos detalhes, que, geralmente, não podemos apreciar de forma tão aberta e democrática como estamos fazendo aqui”, frisou o juiz de Direito Edinaldo Muniz.

Com a inovadora ação no âmbito do Judiciário Acreano, a desembargadora Cezarinete Angelim está despachando, literalmente, de dentro do Fórum Criminal, atendendo, participando, olhando todos os espaços, decidindo e resolvendo questões as mais diversas, junto com sua equipe de trabalho.

“Só sairei daqui, quando perceber que a situação está melhor do que quando entrei”, ressaltou.

gab_intinerante_tjac_1

Na noite do mesmo dia, a presidente do TJAC recebeu a visita especial da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), através de seu presidente, juiz de Direito Giordane Dourado, e demais membros. De igual modo, Cezarinete Angelim ouviu a todos, colocando-se à disposição para, dentro do possível, atender todas as necessidades da categoria.

Visita da Asmac no Gabinete Itinerante do Fórum Criminal

Gabinete Itinerante da Presidência

Instituído por meio da Portaria nº 367 /2016, publicada na edição nº 5.612 do Diário da Justiça Eletrônico, desta segunda-feira, o Gabinete Itinerante da Presidência tem o objetivo de fortalecer a interlocução permanente com os gestores das unidades judiciárias, servidores e comunidade.

Segundo o calendário estabelecido pela portaria, atendimentos e despachos acontecerão nas seguintes unidades: Fórum Criminal, nos dias 4 e 5 de abril (segunda-feira e terça-feira); Fórum Barão do Rio Branco, nos dias 6 e 7 de abril (quarta-feira e quinta-feira), e Fórum dos Juizados Especiais Cíveis, nos dias 8 e 11 de abril (sexta-feira e segunda-feira).

O documento, assinado pela desembargadora-presidente do TJAC, considera que “o objetivo estratégico de aprimorar a imagem interna e externa da instituição incumbe à Presidência do Tribunal de Justiça, nos termos do art. 8º e Anexo II da Resolução nº 190/2014, do Tribunal Pleno Administrativo”.

Também leva em consideração que “o compartilhamento da gestão é medida salutar que orienta o alcance da missão e dos valores do Poder Judiciário do Estado do Acre”.

A portaria leva em conta ainda o disposto nos incisos V e VI do art. 2º da Resolução nº 194/2014 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que institui Política Nacional de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau de Jurisdição e dá outras providências.

No ano passado, o Gabinete Itinerante foi instituído para levar os mais relevantes serviços do Judiciário às Comarcas do interior do Estado e promover a aproximação com os cidadãos – o que de fato aconteceu.

A interiorização das ações é uma prioridade da atual gestão, que busca alcançar um nível de qualidade e eficiência na prestação dos serviços à sociedade, independentemente da localidade geográfica. A uniformização da gestão trará maior integração e humanização e vai otimizar o trabalho oferecido à população de cada município.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Ex. DIINS - Diretoria de Informação institucional Atualizado em 15/05/2016