Em Rio Branco, cerca de 40% das ocorrências de trânsito se concluem com acordos imediatos

Em 2017, a unidade da Capital já alcançou 1.024 atendimentos, dos quais 740 foram registrados e autuados.

O boletim da Justiça Volante registrou o crescimento no número de acordos realizados pelas partes envolvidas em acidentes de trânsito no local do sinistro. No mês de julho, das 125 ocorrências atendidas, 51 se tornaram acordos no momento da ocorrência, o que corresponde a cerca de 40% da demanda do mês.

A estatística registra que do montante mensal 91 processos foram registrados e autuados, o que evidencia outra medida: o encaminhamento das demandas para audiência de conciliação. Foram 35 audiências marcadas na Capital Acreana no primeiro mês desse segundo semestre.

O coordenador substituto do Atendimento Móvel de Perícia (Amope) Cláudio Alencar informou que durante o período da Expoacre, houve nove ocorrências durante as noites da feira agropecuária, das quais oito resultaram em acordos no local e uma audiência marcada.

A demanda teve um andamento célere e ainda se concluiu de forma positiva, salientou Alencar. “Quando houve a audiência, realizada na sede da Justiça Volante, foi apresentado laudo técnico para as partes e também foi possível a celebração de um acordo amigável”, destaca a intervenção conciliadora.

Em 2017, a unidade de Rio Branco já alcançou 1.024 atendimentos, dos quais 740 foram registrados e autuados. O balanço aponta que desse conjunto, 456 se consolidaram em acordos no momento do sinistro, gerando a média de 44,5% de soluções amigáveis imediatas, intermediados pela Justiça Volante.

O consenso evita maiores aborrecimentos e também o desenvolvimento do pleito judicial para se definir a conclusão da ocorrência. Por isso, a situação é resolvida rapidamente quando os condutores possuem bom senso e conseguem se acertar quanto à responsabilidade pelos danos ocorridos.

Postado em: Notícias | Tags:,