Olívia Ribeiro assume a titularidade da Vara da Violência Doméstica

 Nesta sexta-feira (10), a Desembargadora Izaura Maia, Presidente do Tribunal de Justiça, dará posse à Juíza de Direito Olívia Maria Alves Ribeiro como Titular da Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher da Comarca de Rio Branco. A solenidade, que acontecerá no Plenário do Palácio da Justiça, está marcada para as 17 horas.

Respondendo pela referida unidade judiciária desde o dia 11 de setembro de 2008, conforme designação da Direção do TJAC (Portaria Conjunta nº 91, de 10 setembro 2008), Olívia Ribeiro assume a primeira titularidade da Vara, instalada no dia 29 de fevereiro deste ano.

Biografia

Natural da cidade de Rio Branco (AC), Olívia Maria Alves Ribeiro formou-se em Letras (1978) e em Direito (1984) pela Universidade Federal do Acre (UFAC). Atuou como professora no Ensino Fundamental, Médio e Superior. Na Universidade Federal do Acre, atuou por 12 anos como professora das disciplinas de Direito do Trabalho, Direito Processual Civil e Direito Eleitoral. Atualmente está cursando doutorado em “Ciencias Jurídicas y Sociales” pela SENSU – Consultoria Internacional de Estudos Avançados – Universidad del Museo Social Argentino.

Militou na Advocacia e atuou como Assessora Parlamentar da Assembléia Legislativa do Estado do Acre. Trabalhou como Defensora Pública do Estado entre os anos de 1986 e 1991. Logo após, em junho de 1991 tomou posse no cargo de Procuradora do Estado, tendo exercido como procuradora a chefia das Procuradorias Tributária e Fiscal, inclusive o cargo de Procuradora Geral do Estado.

Ingressou no Judiciário no dia 15.08.1997, quando tomou posse no cargo de Juíza de Direito Substituta. Em maio de 2000, foi promovida por merecimento para o Cargo de Juíza de Direito de Primeira Entrância da Comarca de Acrelândia; em 2001, promovida por merecimento ao cargo de Juíza de Direito de Segunda Entrância da 1ª Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul; e em 2002, também por merecimento, foi promovida para o cargo de Juíza de Direito de Entrância Especial da 4ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, onde atuou nos últimos anos.

Ao longo desse período, também exerceu suas atividades jurisdicionais nas comarcas de Xapuri, Sena Madureira, Manuel Urbano, Senador Guiomard, Plácido de Castro e Capixaba.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 02/05/2015