Novos servidores concluem Curso de Formação Inicial

Empossados em seus respectivos cargos (níveis médio e superior) no dia 3 de junho, os novos servidores do Poder Judiciário do Acre participaram durante todos esses dias de um Curso de Formação Inicial, como forma de qualificá-los no desempenho de suas funções.

Nesta quinta-feira (12), o desembargador-presidente Roberto Barros fez questão de participar do encerramento das atividades e saudar os novos serventuários da Justiça Estadual.

“Espero que vocês tenham aproveitado o curso de formação. Eu também tenho pedido para os juízes e servidores das unidades para que possam ajudá-los naquilo que vocês precisarem a cada dia. Eu devo chamar agora mais servidores dos últimos concursos para que nós possamos ter a força total do Judiciário no ano de 2014. Nós certamente nos encontraremos nas unidades, no dia-a-dia, seja aqui na Capital ou nas visitas às comarcas do interior. Sejam todos muito bem-vindos mais uma vez”, declarou o presidente.

O curso

O curso começou com a participação do desembargador-presidente, que abordou tema “Gestão voltada para resultados”. A apresentação percorreu diversos aspectos fundamentais para a compreensão do funcionamento prático da instituição, como a estrutura organizacional jurisdicional e administrativa.

Roberto Barros também apresentou aos novos serventuários da Justiça o Mapa estratégico 2010-2014; as Metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para este ano de 2014 e o Justiça em Números. Este último trata de um diagnóstico detalhado do funcionamento do judiciário, com dados sobre o número de processos em tramitação, taxa de congestionamento, carga de trabalho e informações de recursos humanos, por tribunal, além de outros dados.

Ele citou o Índice de Produtividade Comparada (IPC-JUS), também do CNJ, que compara a produtividade entre tribunais do mesmo ramo e com estruturas similares (pequeno, médio ou grande porte).

Nesse caso, ele lembrou que o Tribunal de Justiça do Acre vem se destacando nos últimos anos tanto em produtividade, quanto na reduzida taxa de congestionamento – a segunda menor do País.

Também foi destacada a Gestão Estratégica, cujo escopo envolve quatro grandes áreas: diagnóstico organizacional, tecnologia da informação e comunicação, gestão de pessoas e recursos humanos.

O desembargador-presidente disse que a chegada dos novos servidores fortalece a instituição, mas ao mesmo tempo exigirá deles compromisso e dedicação, diante dos novos desafios.

Também houve a participação do desembargador aposentado Arquilau Melo, que ministrou a palestra “História do Acre e o Poder Judiciário”.

Foram discutidos temas como Planejamento Estratégico, Estrutura e Funcionamento do Poder Judiciário, Deontologia Profissional do Servidor Público, Relações Interpessoais eGestão participativa (gestão por processos, redução de custos etc).

O Curso de Formação Inicial contou ainda com abordagem sobre o Sistema de Automação do Poder Judiciário (SAJ), uma ferramenta importante para o envio, recebimento e consulta dos processos virtualizados.

Os temas que integram os conteúdos do programa também serão focados no ambiente do trabalho, a fim de que eles possam perceber o contexto organizacional em que estarão inseridos e compreender as rotinas de trabalho.

 

Postado em: Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 13/10/2014