NOTA DE PESAR

Em nome de todos os servidores, magistrados e desembargadores, o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) manifesta profundo pesar pelo falecimento do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), José Augusto Araújo de Faria, ocorrido no domingo, 12, no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco.

Nascido em Sena Madureira, o conselheiro tinha 71 anos. Ele deixa a esposa Maria José Maia de Faria e os filhos Priscilla Augusta Maia de Faria, Paula Augusta Maia de Faria, Emiliana Augusta Maia de Faria (servidora do Poder Judiciário do Acre) e José Augusto Araújo de Faria Filho.

O conselheiro José Augusto foi membro da primeira composição do Tribunal de Contas do Estado, formada em setembro de 1989. Atuou como conselheiro-presidente em 1996, e atualmente presidia a 2ª Câmara do TCE/AC.

Conhecido por sua ética, compromisso e trabalho com legalidade, o conselheiro José Augusto deixa uma história marcada pelo servir, missão que exerceu com respeito e dignidade, honrando o direito público.

Em nome da Corte de Justiça Acreana, o desembargador-presidente Francisco Djalma manifesta condolências aos familiares e amigos enlutados, solidarizando-se ainda com membros e companheiros de jornada profissional de José Augusto Araújo de Faria.

Que Deus, em seu infinito amor e misericórdia, console os corações de seus familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Francisco Djalma
Presidente do Tribunal de Justiça do Acre

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: GECOM Atualizado em 13/07/2020