Nota de Desagravo

A Associação dos Magistrados do Acre divulgou na tarde de ontem (13), em seu portal na Internet, Nota de Desagravo assinada por seu Presidente, Juiz de Direito Giordane de Souza Dourado, sobre as referências feitas ao magistrado Pedro Longo durante sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembléia Legislativa do Estado.

Confira, abaixo, a íntegra do texto.

 

NOTA DE DESAGRAVO       

A Associação dos Magistrados do Acre – ASMAC, entidade reconhecida por Lei como de utilidade pública, a respeito das referências feitas ao Magistrado Pedro Luis Longo, em sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada na Assembléia Legislativa do Estado do Acre, vem a público manifestar o seguinte:

1º – Ao tempo em que a ASMAC destaca a relevância das atividades investigativas das Comissões Parlamentares de Inquérito, essenciais para a consolidação do regime democrático, lamenta e repudia quaisquer declarações sensacionalistas que, desprovidas de consistência fática e jurídica, exponham de forma leviana a honra de Magistrado reconhecido por sua idoneidade moral e compromisso com a Justiça.

2º – Congratula a atuação dos parlamentares integrantes da referida Comissão pela forma serena e responsável com que conduziram os trabalhos e souberam distinguir os fatos das versões fantasiosas apresentadas.

3º – Expressa sua solidariedade ao associado e a sua família, a quem disponibiliza toda a assistência jurídica para o ingresso das ações cíveis e criminais cabíveis.

Rio Branco, 13 de agosto de 2009.

 

Juiz Giordane de Souza Dourado

Presidente da ASMAC  

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 14/08/2009