No dia do aniversário, Brasiléia ganha CIC de presente do TJ

O maior e mais importante presente que o município de Brasiléia recebeu no dia do seu aniversário, sábado, dia 3, foi dado pelo Tribunal de Justiça do Acre. Seu presidente, o desembargador Ciro Facundo de Almeida, entregou àquela comunidade o terceiro Centro Integrado de Cidadania (CIC) do Estado – os outros dois foram inaugurados em Assis Brasil e Porto Acre. Facundo, ao encerrar a solenidade sob uma tenda construída no meio da rua que passa ao lado do edifício Tufic Mizael Saady, nome do prédio do CIC, confessou estar vivendo naquele instante um dos momentos de maior felicidade em sua vida, já que estava cumprindo, como dirigente do Poder Judiciário, uma bela missão que era a de levar a Justiça para junto do povo e abrir para esse mesmo povo, naquela cidade, mais uma opção para as pessoas buscarem seus direitos, sua cidadania, seus sonhos. O CIC de Brasiléia está funcionando num dos mais antigos prédios de Brasiléia, onde por muitos anos funcionou a agência do Basa, na avenida Rolando Moreira. O prédio foi adquirido pelo TJ através de leilão, foi reformado e ampliado, mas teve sua estrutura original mantida em respeito a história do município. Ganhou móveis e equipamentos de informática novos. Toda a obra custou R$ 207 mil e levou 150 dias para ficar pronta. Os CICs são resultado de um convênio do TJ com o Ministério da Justiça e essa realidade só foi possível graças ao apoio da bancada federal do Acre. Tufic Saady, filho do homenageado, agradeceu a lembrança e a homenagem apresentada pelo desembargador Ciro Facundo, falando de gratidão e emoção. Já o diretor do Fórum de Brasiléia, juiz Fernando Nóbrega da Silva, lembrou que toda a população da cidade era muito grata ao presidente do TJ e lembrou a consciência de Ciro Facundo em cumprir com a Constituição Federal quando leva a Justiça para junto do povo, resgatando direitos e a auto-estima das pessoas. O prefeito José Alvanir (PT) lembrou que o prédio, quando sede do Basa em Brasiléia, foi por muitos anos o principal agente financeiro da região “e hoje o principal agente do Poder Judiciário verdadeiramente destinado ao povo”. O desembargador Ciro Facundo, muito feliz e emocionado com a festa, fez questão de agradecer o coordenador de Planejamento do TJ, William Abud, pelo empenho na elaboração do projeto e liberação de recursos em Brasília; a engenharia civil Suely Xavier, também do TJ, pela dedicação, o carinho e a beleza da obra, assim como o diretor Executivo José Carlos e o coordenador de Informática José Carlos Martins Júnior, além da chefe do cerimonial Lina Grasiela, pela beleza e o brilho de solenidade. “Sem esses meus dedicados e eficientes assessores tudo isso não teria sido possível”.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 06/07/2004