Mutirão de audiências no Fórum Criminal abre atividades da IV Semana pela Paz no Lar na próxima segunda-feira (7)

Cronograma inclui ainda palestras educativas, um júri popular na Cidade do Povo e a Cicleata “Mulheres do Judiciário”.

logo-pela-paz-nossa-causaO Poder Judiciário Acreano dará início na próxima segunda-feira (7) à 4ª edição da campanha “Semana Pela Paz no Lar”, iniciativa idealizada pelo CNJ com o objetivo de conscientizar a sociedade acerca da gravidade do problema representado pela violência doméstica, executada com a participação das cortes estaduais de Justiça.

A programação terá início na próxima segunda-feira (7), às 9 horas, no Fórum Criminal Lourival Marques de Oliveira, com uma apresentação do grupo teatral “Orejanas” e a distribuição de cartilhas e folders educativos.

Após a abertura oficial terá início um grande mutirão de audiências de retratação e instrução e julgamento, que será promovido pela Vara de Proteção à Mulher da Comarca da Capital. Ao todo, estão pautadas 263 audiências em processos envolvendo crimes contra a mulher.

As atividades judiciais serão conduzidas pela juíza de Direito Shirlei Hage, titular daquela unidade judiciária, juntamente com sua equipe de assessores e servidores, com o auxílio da juíza de Direito titular da Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas (Vepma), Maha Manasfi, bem como da juíza substituta em exercício na 1ª Vara do Tribunal do Júri, Ana Saboya.

Ao mesmo tempo em que serão realizadas as atividades judiciais, 40 mulheres em situação de risco (que figuram como vítimas em processos de violência doméstica) deverão assistir à palestra “Mulher, não se cale!”, que será ministrada pela psicóloga da Vara de Proteção à Mulher, Cleudina Gomes, com vistas à sensibilização das participantes para que não silenciem acerca de quaisquer agressões que por ventura venham a sofrer, bem como busquem imediatamente a proteção de seus direitos junto à Justiça e demais órgãos que integram a rede estadual de proteção à mulher.

As atividades da 4ª Semana Pela Paz no Lar incluem ainda a disponibilização de serviços gratuitos de maquiagem e corte de cabelo, os quais serão executados na terça-feira (8) pela manhã, no Fórum Criminal, pela equipe do curso de formação de cabeleireiros do Programa “Começar de Novo”, desenvolvido pela Vepma em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); a realização de palestra de conscientização sobre a violência doméstica, na quinta-feira (10), a partir das 10 horas, no Centro de Referência de Assistência Social do bairro Cidade Nova; além de um júri de crime contra a mulher, que será realizado pelo juiz titular da 4ª Vara Criminal de Rio Branco, Cloves Ferreira, também na quinta-feira (10), na Cidade do Povo, a partir das 15 horas; dentre outras.

Encerrando o cronograma de atividades, será realizada ainda, na sexta-feira (11), a Cicleata “Mulheres do Judiciário – Pedalando Pela Paz”, que envolverá magistradas, assessoras e servidoras em um grande movimento com o objetivo de dar maior visibilidade à causa da erradicação da violência doméstica. A largada será às 8h30, na sede administrativa do Tribunal de Justiça do Acre, com concentração a partir das 7h. A Cicleata terá o apoio da Federação Acreana de Ciclismo e do Grupo Aerobikes do Acre.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 04/03/2016