Metas Nacionais do CNJ: 1º Juizado Especial Cível bate recorde em julgamento de processos

O 1º Juizado Especial Cível (JEC) alcançou 126% de cumprimento da meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para 2013. Dessa forma, a unidade judiciária julgou mais processos de conhecimento do que aqueles que foram distribuídos durante os seis primeiros meses deste ano.

Titular da unidade judiciária, a juíza Lilian Deise explicou o que levou à obtenção desse sucesso. “Só alcançamos esses números porque houve um trabalho em conjunto. Não é algo conquistado pela magistrada apenas, mas pelos servidores, juízes leigos e conciliadores que atuam no Juizado. O esforço de toda uma equipe evidencia um resultado como esse”, disse.

Ela ressaltou também que é um feito um planejamento, cujo principal objetivo é evitar o acúmulo das ações. “Nossa meta é não ter processos conclusos antigos, no máximo do mês anterior. Desse modo, passamos a julgar mais processos do que a quantidade que entra em cada mês”, considerou.

Durante todo este mês de agosto será apresentado o resultado do trabalho realizado pelas unidades que mais se destacaram no cumprimento das metas número 1, 2 e 18 do CNJ, referentes ao período de janeiro a junho de 2013.

Os resultados também poderão ser acompanhados por meio do Canal da Gestão estratégica (intranet.tjac.jus.br/diges/) que contém informações mensais sobre o desempenho de cada unidade jurisdicional, além do acompanhamento detalhado das metas de número 1, 2 e 18.

Antes disso, contudo, o Tribunal de Justiça do Estado do Acre tem se empenhado para cumprimento das metas, por meio de ações como capacitação dos magistrados e servidores, planejamento estratégico, informatização das unidades judiciárias, identificação e julgamentos dos processos judiciais e facilitação de acesso por parte da população às informações processuais.

Postado em: Notícias | Tags:

Fonte: Atualizado em 24/06/2015