Meta 2 : Processômetro divulga dados globais e individuais de cada unidade judiciária

Na última semana o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) passou a divulgar no seu portal na Internet – www.cnj.jus.br – informações sobre o desempenho de cada unidade judiciária (vara, juizado, gabinete de desembargador e de ministro) quanto ao julgamento dos processos da chamada Meta 2, que inclui os ingressos até dezembro de 2005.

Os dados foram incluídos no Processômetro, ferramenta criada pelo CNJ para acompanhar a evolução do cumprimento da Meta 2, uma das 10 estabelecidas no 2º Encontro Nacional do Judiciário, realizado em fevereiro deste ano, com o objetivo de dar maior agilidade e eficiência à prestação jurisdicional no país.

A mudança tem como objetivo dar maior visibilidade ao esforço realizado pelas unidades judiciárias e identificar possíveis falhas no repasse de informações entre as varas no interior dos estados e a sede do tribunal. Até então, o processômetro divulgava dados globais sobre cada tribunal com informações do total de processos julgados em 1ª e 2 ª instâncias.

Para ter acesso aos dados detalhados, no início do mês de novembro, o Conselho enviou ofícios assinados pelo Presidente do CNJ, Ministro Gilmar Mendes, solicitando a todos os tribunais do país o detalhamento dos processos da Meta 2, os julgados e os pendentes.

Atualmente mais de 2 milhões de processos ajuizados até 2005 foram julgados no país. A Meta 2 já foi cumprida por nove tribunais (seis tribunais regionais do trabalho e três tribunais regionais eleitorais) e outros 45 estão próximos de atingi-la.

Até o final do mês de outubro a Justiça do Acre havia julgado 43% do montante de processos identificados de Meta 2. Além disso, vários órgãos e unidades do Judiciário acreano que já celebram o pleno cumprimento da Meta 2, como, por exemplo, o Tribunal Pleno, as Câmaras Cível e Criminal, e os Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Rio Branco. Confira aqui a lista de todas as unidades que cumpriram o desafio.

Para mais informações sobre a campanha pela Meta 2 no Judiciário acreano, acesse o link especial sobre o tema disponível na página inicial do portal TJAC na Internet – www.tjac.jus.br.

 

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 25/11/2009