Margem de consignação em folha já está disponível em contracheques

A seção de Recursos Humanos do Tribunal de Justiça do Acre já disponibilizou a todos os servidores efetivos e comissionados do Poder Judiciário do Estado em seus contracheques a partir do mês de julho, o valor disponível a cada um deles para pagamento em consignação em folha de pagamento. Na primeira etapa, o cumprimento da lei autoriza e limita em 30% da remuneração liquida dos vencimentos de cada servidor, cujo controle será pelo holerit do mês referência foi implantado em junho entre os servidores que recebem o contracheque impresso pelo próprio TJ, o que soma uma média de 300 servidores. Segundo Antônio Rodrigues Vidal, chefe da seção de Recursos Humanos, a partir de julho o mesmo serviço já está à disposição dos servidores que recebem via banco do Brasil e que recebem o chamado contracheque virtual. O TJ conta atualmente 1.688 servidores e todos contam com a margem consignada em seus contracheques. Vidal informa a mudança é importante, na medida em que disponibiliza mensalmente aos servidores os valores que eles podem contratar em despesas como empréstimos bancários, cartão alimentação (Hamdcard), consórcios do Tribunal e Credicheque, além de seguro de vida. Especialistas de todo o país defendem o crédito consignado e informam que o sistema continua avançando no Brasil, o que se explica pela sua nova legislação no governo Lula, pelo menor risco que representa para as instituições financeiras, e pelos juros mais baixos e facilidades operacionais que atraem os tomadores. A seção de Recursos Humanos do TJ oriente, porém para os riscos do uso em excesso que podem incorrer em exageros. É o caso de usar, mas não abusar.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 28/07/2006