Leandro Gross é o novo titular da Vara do Tribunal do Júri da Capital

O Juiz de Direito Leandro Leri Gross assumiu na manhã desta segunda-feira, 10, o cargo de Titular da Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco (Entrância Especial). O nome do magistrado, que deixa a Vara Cível da Comarca de Brasiléia (2ª Entrância), foi escolhido durante sessão ordinária do Pleno Administrativo do Tribunal de Justiça realizada no dia 1º de julho deste ano, quando os desembargadores decidiram promovê-lo por unanimidade, segundo o critério de merecimento.

A solenidade de posse, que aconteceu no plenário do Palácio da Justiça, foi conduzida pelo Presidente do TJAC, Desembargador Pedro Ranzi, e foi prestigiada por grande número de autoridades, entre elas os desembargadores Samoel Evangelista (Corregedor Geral da Justiça) e Izaura Maia, a Secretária Estadual de Justiça, Procuradora Márcia Regina Pereira, que representou o Governador do Estado, os promotores públicos Rodrigo Curti, Gilcely Evangelista e Almir Branco.

  

  

  

  

  

  

  

  

  

  

Também prestigiaram o ato de posse os defensores públicos Gerson Boaventura e Valdir Perazzo, o Presidente da Associação dos Magistrados do Acre (ASMAC), juiz de Direito Giordane Dourado, o advogado Luis Saraiva, representando a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre, a procuradora municipal Raquel Eline, representando a procuradora geral do município de Rio Branco, Cristina Alódio, o Presidente da Associação dos Advogados Criminalistas do Acre, Sanderson Moura, o Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Romário Célio, a Presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário, Rosane Ferraz, amigos e familiares do empossado.

Ao dar posse a Leandro Gross, o Presidente do TJAC agradeceu a presença de todos e justificou a ausência do Vice-Presidente Adair Longuini, que no momento encontrava-se em sessão da Câmara Criminal. Ele deu as boas vindas ao magistrado e aproveitou a oportunidade para conclamar os juízes, advogados e promotores presentes a se engajarem na campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pelo cumprimento da Meta 2, de julgar até ao final deste ano todos os processos ingressos no Judiciário até 31 de dezembro de 2005.

Antes de proceder à assinatura do Termo de Posse, o Desembargador Pedro Ranzi falou da importância da Vara do Tribunal do Júri e da responsabilidade do magistrado na condução dos trabalhos na unidade.

"Vossa Excelência tem a nossa confiança e o nosso apoio".
Presidente Pedro Ranzi 

Coube ao Presidente da ASMAC fazer a saudação ao empossado. Em discurso breve, Giordane Dourado afirmou que a cada promoção que realiza o TJAC fica mais fortalecido. "Sabemos que em outros tribunais a promoção por merecimento se torna um problema, o que não é o nosso caso", disse Dourado, revelando que em certa oportunidade, durante uma reunião de Presidentes de Associações de Magistrados, havia sido questionado como esse tipo de promoção era conduzido no Tribunal Acreano.

O juiz aproveitou a oportunidade para fazer um elogio à forma como são conduzidos os processos de promoção no Judiciário acreano e disse testemunhar a lisura dessas escolhas. Em seguida, ele sintetizou em uma única palavra o seu conceito sobre o empossado.

"Sintetizo Vossa Excelência em uma única frase: referência. Como homem, como magistrado e como pai de família. Colega Leandro, você é merecedor dessa promoção".

Giordane Dourado 

Ao cumprimentar o empossado, o defensor público Gerson Boaventura desejou-lhe boa sorte em nome da instituição da qual faz parte, e disse esperar que Leandro Gross venha a cumprir com excelência suas novas atribuições. "Temos certeza de que Vossa Excelência irá trazer independência e imparcialidade ao Tribunal do Júri, como tem ocorrido com os magistrados que o antecederam", disse o Defensor.

A Desembargadora Izaura Maia também desejou ao magistrado sabedoria na condução de suas novas atribuições.

"Sinto-me feliz e orgulhosa por estar aqui neste momento e ver o nosso Tribunal caminhar cada dia mais forte". 

Desembargadora Izaura Maia

Representando o Ministério Público Estadual, o Promotor de Justiça Rodrigo Curti almejou sorte ao empossado e falou do trabalho desenvolvido no Tribunal do Júri. "O Tribunal do Júri é o palco das misérias, onde são expostas as mazelas e os grandes valores da sociedade. Conte com o apoio do Ministério Público nessa nova empreitada de sua carreira", disse o Promotor.

Ao falar em nome da OAB-AC, o advogado Sanderson Moura desejou-lhe boa sorte em sua nova missão. Ele afirmou que o Tribunal do Júri é a vitrine do Direito, aonde se destacam os Magistrados, Os Promotores e os Advogados. Ele disse que a Associação dos Criminalistas vai apoiar o trabalho de Leandro Leri Gross, cuja atuação como Magistrado já é do seu conhecimento. "Conte conosco", enfatizou.

Representando o Governo do estado, a Secretária Márcia Regina lembrou a importância de se manter um Juiz Titular na Vara do Tribunal do Júri, bem como o papel da unidade para o setor de Segurança Pública do Estado. "Este momento é muito importante para as instituições, que precisam estar em constante comunicação, alinhando suas frentes de trabalho para, juntas, cumprirem seus objetivos", afirmou.

O Corregedor Geral da Justiça salientou a importância da promoção para o magistrado e aproveitou a oportunidade para reconhecer de público o trabalho desenvolvido na referida unidade pelos juízes que anteriormente trabalharam na unidade, como Elcio Sabo, Marcelo Coelho e Anastácio Menezes, que antecederam o empossado.

"Realmente, Vossa Excelência é merecedor dessa promoção. Tenho certeza de que podemos contar com o seu empenho e dedicação. Parabéns". 

Desembargador Samoel Evangelista

Em seu pronunciamento, Leandro Gross compartilhou com seus familiares e os servidores da Comarca de Brasiléia a sua promoção. "É uma honra e um prazer estar comemorando este momento", afirmou, acrescentando: "O reconhecimento para a Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco, só foi possível com o apoio de todos vocês", enfatizou, fazendo menção ao apoio que recebeu da falecida Juíza Maria Tapajós, quando de sua passagem pela Vara da Infância e da Adolescência.

Por fim, ao encerrar seu discurso, Gross prometeu dedicar-se ao cumprimento da Meta 2 do CNJ e falou um pouco do planejamento das atividades da unidade para atingir esse objetivo.

"A Meta 2 é apenas o início do trabalho que pretendemos implantar, pois acredito na possibilidade de tornarmos a Vara do Tribunal do Júri uma unidade de referência estadual e nacional".

Leandro Gross 

Biografia

Leandro Leri Gross é natural da cidade de Herval d’Oeste, no Estado de Santa Catarina. Formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná e possui cursos de especialização: Pós-Graduação em Direitos Humanos e Sociedade e Direito Eleitoral, pela Faculdade Barão do Rio Branco; e MBA em Administração do Poder Judiciário, pela Faculdade de Direito da Fundação Getúlio Vargas. Atualmente cursa doutorado em Ciências Jurídicas na Universidade del Museo Social Argentino, localizada em Buenos Aires, na Argentina.

Em novembro de 2001 foi empossado como Juiz de Direito do Estado do Acre, sendo designado inicialmente para atuar na Vara Criminal da Comarca de Sena Madureira. Posteriormente, atuou na 2ª Vara Criminal e no Juizado da Infância e Juventude de Rio Branco. Desde novembro de 2005 vinha desenvolvendo suas funções jurisdicionais como titular da Vara Cível da Comarca de Brasiléia, onde também atuava como Juiz Eleitoral da 6ª Zona.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 10/08/2009