Justiça Comunitária realiza atendimentos em Epitaciolândia e Rio Branco

A Coordenação do Programa Justiça Comunitária  divulgou o número de atendimentos realizados no dia 19 deste mês no Município de Epitaciolândia, localizado a 245 quilômetros da Capital, Rio Branco.
Ao todo, a equipe de agentes comunitários de Justiça e Cidadania efetuou 25 atendimentos durante o mutirão, ocorrido no Centro de Educação de Jovens e Adultos do Município, sendo nove orientações aos cidadãos, oito encaminhamentos a outros órgãos do poder público, oito mediações agendadas e uma mediação efetuada.  
 
 
Dia Internacional da mulher

Já no dia 9 deste mês, uma equipe do Programa Justiça Comunitária realizou, no Centro da Juventude do Bairro Montanhês, em Rio Branco, uma programação em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado oficialmente no dia 8 de março.

O evento contou com a participação das agentes comunitárias Suzy de Melo, Gelcicléia Damasceno, Úrsula Kássia, Eliane Sarmento e Viviane Sampaio, do Núcleo Montanhês – Regional III, sob orientação do Coordenador Regional Guilherme Mendes, da Assistente de Coordenação Maria de Lourdes Ferreira de Araújo e da Assistente de Coordenação Márcia Maria de Albuquerque Ferreira.

Também participaram do evento o Coordenador do Centro de Educação de Jovens e Adultos, Antônio Araújo, membros do Módulo de Saúde da Comunidade, servidores lotados na Escola Joelma Oliveira e Escola Pedro Martinello, e representantes da Organização Liberdade Assistida e do Telecentro da Regional.

Durante a programação, que teve início com a divulgação do programa, foi ministrada palestra sobre prevenção do câncer de colo do útero e da mama, e servido um café-da-manhã aos presentes.
 
As atividades foram encerradas com a realização de exames de Preventivo do Câncer do Colo do Útero – PCCU, realizados por representantes do Módulo de Saúde do bairro Montanhês.

Programa Justiça Comunitária

Idealizado e coordenado pela Desembargadora Eva Evangelista, o Programa Justiça Comunitária é desenvolvido pelo Tribunal de Justiça desde 2002, inicialmente em convênio com o Ministério da Justiça. Desde 2006 o Programa vem sendo executado em parceria com a Prefeitura de Rio Branco e recentemente foi fortalecido por conta dos convênios nº 034/2008, do TJAC com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania – Pronasci, do Ministério da Justiça, e nº 700546/2008, com a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República. Esta última parceria tornou-se possível pelas emendas parlamentares apresentadas pelos deputados federais Nilson Mourão, Ilderlei Cordeiro, Sérgio Petecão e Flaviano Melo.

Em Rio Branco, o Programa é desenvolvido em 35 bairros carentes, divididos em 6 regionais. No ano de 2009, pela primeira vez, o mesmo trabalho realizado com sucesso na Capital começou a ser colocado em prática em outros dois municípios do Estado – Capixaba e Epitaciolândia -, onde também se espera atingir bons resultados na solução rápida e amistosa de pequenos conflitos, por meio da mediação e conciliação.

Leia mais:

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 26/03/2010