Justiça Comunitária atende famílias vítimas da enchente no Parque de Exposições de Rio Branco

Desde a última sexta-feira (24), o Tribunal de Justiça Acreano, por meio do Programa Justiça Comunitária, e com o apoio da Associação dos Magistrados do Acre (ASMAC), está prestando orientações jurídicas e esclarecimentos – quanto aos serviços públicos – para as vítimas da enchente do Rio Acre. Elas estão alojadas no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, na Capital.

A unidade móvel da Justiça Comunitária se deslocou para o parque, onde mais de 6 mil famílias estão temporariamente abrigadas. Juízes, mediadores e conciliadores trabalham de modo integrado, a fim de minimizar os transtornos sofridos por essas famílias.

Em apenas dois dias, já foram realizados 119 atendimentos, quando foram prestadas informações de cunho jurídico, principalmente em relação a divórcio e pensão alimentícia. As situações mais complexas foram encaminhadas para a Defensoria Pública do Estado.

O Programa Justiça Comunitária tem Coordenação Geral da desembargadora Eva Evagelista, e conta com a Execução do juiz Giordane Dourado, além das equipes de agentes comunitários, contratados por meio de convênios.
 
Leia mais:
 
 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 29/02/2012