Juízes Substitutos trabalham para cumprir Meta 2 do CNJ

Os oito Juízes de Direito Substitutos recém-empossados pela Presidência do Tribunal de Justiça permanecem trabalhando em sistema de mutirão com os processos da 2ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco.

Dados da Corregedoria Geral da Justiça informam que na última semana, entre os dias 8 e 12 de junho, foram sentenciados 161 processos (02 despachos; 17 absolutórias; 16 condenatórias; e 126 extinções de punibilidade). Sob a orientação da Juíza de Direito Titular da Vara, Denise Castelo Bonfim, o trabalho dos Juízes Substitutos atende orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que, em sua Meta 2, definida no II Encontro Nacional do Judiciário, enseja julgar até o final deste ano todos os processos distribuídos até 2005.

O lote de 312 processos repassado aos novos Juízes estava acumulado em razão da demanda, mas especificamente pelo fato de seus réus estarem respondendo em liberdade, conforme explicou Juíza Denise Bonfim. "Como são processos cujos réus respondem em liberdade, eu vinha dando prioridade aqueles processos de réus presos", disse ela. Outro dado importante destacado pela magistrada é que pelo menos 40% desses processos estão prescritos.

Agradecimento

A Juíza Denise Bonfim disse que a colaboração dos novos Juízes nesse trabalho, além de conferir celeridade ao julgamento de feitos numa Vara que recebe muita demanda, caso da 2ª Criminal, ainda insere o Judiciário do Acre no processo de aceleração da Justiça em todo o país, orientado pelo CNJ.

Exatamente por essa razão ela fez questão de elogiar a Direção do TJAC pelo que chamou de "sensibilidade para ajudar a superar os números negativos" que ainda permanecem nas estatísticas do Poder Judiciário. "Agradeço a nossa Direção", ressaltou.

 O Juiz Substituto Luiz Gustavo Pinto, um dos oito novos magistrados, reconheceu que o grupo tem tido um ritmo forte de trabalho desde o dia 5 de junho, quando tomaram posse, mas também elogiou as condições de trabalho providenciadas pelo Tribunal de Justiça e mostrou-se otimista com a produtividade. "Tivemos uma produção boa até aqui. O grau de satisfação de nosso grupo é alto", assegurou.

 

 

Até esta sexta-feira, 19, os novos Juízes devem atingir os 312 processos previstos na programação da Corregedoria para esse período inicial das suas atividades.

 

Leia mais:

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 21/05/2014