Juizado de Trânsito: boletim de março

A partir deste mês, acompanhe na Agência TJAC o boletim mensal de atividades divulgado pelo Juizado de Trânsito de Rio Branco.

Durante o mês de março foram realizados 241 atendimentos na Capital, envolvendo desde acidentes com vítimas, registro de queixas e acordos celebrados com e sem a interferência do juiz. Confira os dados a seguir. 

Boletim Estatístico – Março de 2009
 

 1. Total de Atendimentos realizados 241
2. Chamadas atendidas e não autuadas por estarem fora da atuação do JT 081
   2.1 – Veículo oficial  004
   2.2 – Acordo com interferência do Juizado e sem registro 030
   2.3 – Acordo sem interferência do Juizado e sem registro 024
   2.4 – Veículo evasor 015
   2.5 – Veículos fora do local 004
   2.6 – Acidentes com vítimas 004
   2.7 – Colisão com objeto fixo 000
   2.8 – Área particular 000
3. Processos Registrados e Autuados 160
   3.1 – Acordos Realizados no local 034
   3.2 – Audiências de Conciliação marcadas 057
   3.3 – Queixas Registradas na Central de Reclamação 069
4. Sinistro por Embriagues 003

 

  

 

Movimento das Atividades – Ano 2009 

1. Total de Atendimentos realizados 612
2. Chamadas atendidas e não autuadas por estarem fora da atuação do JT 213
   2.1 – Veículo oficial 009
   2.2 – Acordo com interferência do Juizado e sem registro 069
   2.3 – Acordo sem interferência do Juizado e sem registro 075
   2.4 – Veículo evasor 029
   2.5 – Veículos fora do local 012
   2.6 – Acidentes com vítimas 017
   2.7 – Colisão com objeto fixo 002
   2.8 – Área particular 000
3. Processos Registrados e Autuados 399
   3.1 – Acordos Realizados no local 062
   3.2 – Audiências de Conciliação marcadas 142
   3.3 – Queixas Registradas na Central de Reclamação 195
4. Sinistro por Embriagues 007

 

Total Geral de Atendimentos: 18.297 

Como funciona o JTRAN

Criado há 13 anos, o Juizado de Trânsito (JTRAN) é uma das mais inovadoras unidades do Judiciário acreano.  Trata-se de um segmento do 1° Juizado Especial Cível, implantado para atendimento imediato a acidentes de trânsito no local da ocorrência, tendo sua competência delimitada à conciliação, instrução e julgamento de litígios decorrentes desses acidentes.

Atuando de forma gratuita e no próprio local do ocorrido, o atendimento imediato do JTRAN propicia às partes envolvidas o ressarcimento dos danos materiais de forma rápida, eficaz e segura. Até mesmo a evasão de uma das partes envolvidas no acidente não impede a ação do Juizado.

De importância reconhecida pela sociedade, o JTRAN já realizou mais de 17mil atendimentos desde que foi instituído. Ele é coordenado pela Juíza Solange Fagundes e tem como responsável técnico o servidor Afonso Evangelista.

O serviço é gratuito, disponível ao cidadão de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, e no sábado, das 8 às 22 horas. Em caso de acidentes que não envolvam veículos oficiais, patrimônio público ou vítimas, o cidadão deve ligar para o telefone: 3211-5566 ou 9985-2750.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 08/04/2009