Juíza Luana Campos atende cidadãos no balcão da Vara de Execuções Penais

Uma idéia simples está transformando o dia-a-dia na Vara de Execuções Penais (VEP) da Comarca de Rio Branco. A juíza Luana Campos passou a atender os cidadãos diretamente no balcão da unidade judiciária.

A proposta da iniciativa é oferecer um atendimento desburocratizado e fornecer informações de maneira mais pessoal aos familiares, dando acesso a questões processuais.

“A procura de atendimento e audiências com o juiz sempre foi alvo de reivindicações. Por isso, resolvemos adotar essa experiência, que visa aproximar a Justiça das pessoas. Acredito que os familiares dos reeducandos, por exemplo, devem ter acesso direto ao magistrado, até mesmo para que se possa ouvir questionamentos e esclarecer eventuais dúvidas”, explicou Luana Campos, titular da VEP.

O atendimento acontece no próprio balcão da Vara, sempre às segundas e quartas-feiras, no período das 9h às 10h. São atendidas em média 15 pessoas por dia.

Ao receber e atender as pessoas no balcão, a juíza acessa o processo judicial diretamente pelo Sistema de Automação da Justiça (SAJ). Em alguns casos, a magistrada chega a proferir decisões e despachos durante o próprio atendimento.

Uma das principais críticas que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) faz à magistratura é que a maioria dos juízes não estabelece um contato direto com as pessoas que buscam ou precisam dos serviços jurisdicionais.

Por isso, a iniciativa da magistrada demonstra a sensibilidade em promover maior acesso dos cidadãos à Justiça, garantindo uma perspectiva social e humana à profissão.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 13/07/2015