Judiciário apóia a 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública

O Governo do Acre instituiu nesta terça-feira, 24, o Comitê Organizador Estadual (COE) responsável por traçar o planejamento da 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública (Conseg), que será realizada de 6 a 10 de julho em Rio Branco.

Dentre outras autoridades, estiveram presentes ao ato o Chefe do Gabinete Civil do Governo do Estado, Edson Manchini; o Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi; o Presidente da Assembléia Legislativa, Edvaldo Magalhães; o Procurador-Geral de Justiça, Edmar Monteiro; oficiais da Polícia Militar e operadores do Direito.

No auditório da Biblioteca Pública, os prefeitos Raimundo Angelim, Leila Galvão e Vagner Sales assinaram decretos convocando a etapa municipal da conferência em Rio Branco, Brasiléia e Cruzeiro do Sul, respectivamente. 

Os eventos precedem a 1ª Conseg, prevista para acontecer em Brasília entre 27 e 31 de agosto. Durante os quatro dias, serão debatidos temas como gestão democrática da segurança pública, financiamento do setor, valorização dos profissionais, combate ao crime e prevenção da violência.

De acordo com os organizadores, a 1ª Conseg tem como principal objetivo dialogar com a sociedade e indicar os rumos para a criação de uma política nacional de segurança pública e foi convocada em dezembro do ano passado pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

"A conferência busca um novo olhar sobre a segurança pública. Busca um olhar preventivo, pois o modelo adotado nos últimos quarenta anos não está dando certo", disse Antônio Gianichini, coordenador de logística e infra-estrutura da 1ª Conseg e representante do Ministério da Justiça que esteve presente na cerimônia de lançamento das conferências no Acre. O documento extraído da conferência estadual irá apoiar o fortalecimento do Sistema Único de Segurança.

O Governo do Estado e os três municípios vinculados ao Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci) irão discutir e apresentar as propostas que serão levadas à Conseg, onde representantes do Acre terão voz e voto.

No total, serão cerca de dois mil representantes com poder de voto para deliberar as propostas extraídas nos eventos regionais. As conferências estaduais e municipais escolherão 1,4 mil delegados. Os demais serão representantes do Poder Público. Mais informações podem ser obtidas no portal da Conseg: www.conseg.gov.br.

(Com informações da Agência de Notícias do Acre).

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 24/03/2009