Jorge Araken debate crimes hediondos na Rádio Justiça hoje

Confira, a seguir, os destaques da programação da Rádio Justiça para hoje, segunda-feira, 28.01.2008. Informamos que a programação segue o horário oficial de Brasília (DF), mas que a Rádio disponibiliza em seu site – www.radiojustica.gov.br – um acervo onde os usuários podem consultar, ouvir ou fazer o download dos programas de seu interesse.

Rádio Justiça debate hoje crimes hediondos

Os crimes hediondos causam horror e provocam grande indignação. De acordo com a Lei 8.072/90, são considerados hediondos os seguintes crimes: latrocínio (matar para roubar), extorsão qualificada pela morte ou mediante seqüestro e na forma qualificada, estupro, atentado violento ao pudor, epidemia com resultado de morte e falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. O homicídio também é crime hediondo, quando praticado em atividade típica de grupo de extermínio, ou qualificado. Sobre o tema, o programa Revista Justiça”entrevista o promotor de Justiça Felipe Eduardo Levit Zilberman e o advogado criminalista Roberto Delmanto Júnior. Também participa do programa o desembargador aposentado Jorge Araken Faria da Silva, do Tribunal de Justiça do Estado do Acre, mestre em Direito Processual. O Revista Justiça é apresentado por Pedro Beltrão e Miguelzinho Martins, a partir das 11h da manhã.

Crimes no DF em análise no Hora Legal

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, o número de ocorrências policiais diminuiu no ano passado em Brasília, mas prisões por tráfico e uso de drogas aumentaram. Também houve mudança no tipo de droga apreendida. A polícia recolheu menos maconha, mas as apreensões de crack (mistura de cocaína com bicarbonato de sódio) e drogas sintéticas, como o ecstasy e o LSD, cresceram. Por isso, será implantada uma coordenação de tóxicos e entorpecentes, com quatro delegacias de combate a drogas na cidade. Márcia Dias conversa, a partir das 7h da manhã, com o diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal, Cléber Monteiro Fernandes.

Comunidade será transmitido diretamente da Ceasa

A Central de Abastecimento de Brasília (Ceasa) doa os produtos perecíveis sem valor comercial. Os alimentos são avaliados por técnicos e, depois, destinados a cozinhas de creches e abrigos para idosos ou pessoas com deficiência. Para saber se a quantidade de doações poderia ser maior e o quanto a legislação atrapalha, o programa Comunidade vai até o local (SIA, Trecho 10, Lote 5) nesta segunda-feira. Entre os participantes, o presidente da Associação dos Empresários da Ceasa, Marcos Boschini, e a secretária de desenvolvimento social e trabalho do DF, Eliana Pedrosa. Também estão convidados o presidente da Associação dos Produtores de Hortigranjeiros do Distrito Federal, Lourenço João Piccoli, a psicóloga do Abrigo dos Excepcionais da Ceilândia, Vera Lúcia Moreira, e a nutricionista Daniella Lopes Rocha. O programa Comunidade começa às 15h.

Acompanhe as principais notícias da semana passada no Súmula

Entre os destaques do programa Súmula desse final de semana está a prisão do casal que vendia vacinas contra a febre amarela em Goiás. A apresentação à polícia do terceiro suspeito de envolvimento no furto dos quadros do Museu de Arte de São Paulo (Masp) e a desarticulação, pela Polícia Federal, de quadrilhas comandadas de dentro de presídios do Rio Grande do Sul também são tema do programa. O programa Súmula ainda destaca os depoimentos de envolvidos no esquema Mensalão. O ex-ministro José Dirceu disse desconhecer o esquema. O ex-secretário geral do PT, Silvio Pereira, firmou um acordo para suspender o processo que corre contra ele na Justiça Federal. Acesse o acervo da Rádio Justiça e confira o arquivo do programa, que vai ao ar às 13h de sábado e é retransmitido no mesmo horário, no domingo.

Aquarela do Brasil na voz de vários intérpretes

Às 21h, No Tempo da Música volta aos anos 30 e 40 para ouvir na voz dos intérpretes de então, de hoje e de sempre o Brasil que o compositor Ary Barroso pintou em Aquarela.

Radioagência Justiça

A Rádio Justiça produz boletins diários com as principais notícias do país e, especialmente, do Judiciário. Os jornais são transmitidos às 8h, 12h, 18h30 e 22h30. Para receber os boletins, as emissoras interessadas precisam apenas fazer um cadastro pelo site www.radiojustica.gov.br .

A Rádio pode ser sintonizada na freqüência 104,7 FM, em todo o Distrito Federal, ou pela rádio web, via internet, no endereço eletrônico www.radiojustica.gov.br . Nas unidades do Poder Judiciário do Acre, os interessados devem acessá-la a partir do link disponível na página do TJAC: www.tj.ac.gov.br .

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 28/01/2008