Iniciado 76º Encontro do Colégio Permanente de Presidentes de TJ’s

A solenidade de abertura do 76º Encontro do Colégio de Presidentes de TJ’s, realizada ontem (16), em Rio Branco, reuniu presidentes e desembargadores representantes de 20 Tribunais do Brasil, a Comissão Executiva do Colégio, além de inúmeras autoridades civis e militares.

Iniciou nesta quinta-feira, 16, em Rio Branco, o 76º Encontro do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do País. No evento, que vai até sábado, 18, haverá intercâmbio das experiências de êxito e planejamento coletivo de algumas ações pertinentes às Cortes Estaduais de Justiça brasileiras.

A solenidade de abertura do Encontro, conduzida pela Presidente do Tribunal de Justiça do Acre,  Desembargadora Izaura Maia, aconteceu na Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO) e foi prestigiada por grande número de autoridades civis e militares. Da mesa de honra participaram o Governador em exercício, César Messias; o Prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim; o Presidente da Comissão Executiva do Colégio de Presidentes, Desembargador Marcus Faver;  o Presidente da Assembléia Legislativa, Deputado Edvaldo Magalhães; o Corregedor-Geral Procurador de Justiça Ubirajara Braga; o Advogado Luiz Saraiva, representando a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Acre; e o Presidente do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Malheiro.

Ao cumprimentar os participantes do Encontro, Izaura Maia disse que os Membros do TJAC estavam muito felizes em recebê-los e falou de sua expectativa com a realização do evento em Rio Branco. “Com muita honra recebemos os senhores em nossa terra. É um orgulho para a nossa Corte de Justiça e para o Estado do Acre. Sejam bem-vindos a nossa cidade”, afirmou.

O Presidente da Comissão Executiva do Colégio, Desembargador Macur Faver, do Tribunal do Estado do Rio de Janeiro, fez a saudação aos presentes e qualificou a solenidade como muito significativa para ele, pela proximidade que tem mantido ao longo de sua vida com o Estado do Acre. “Tenho raízes e sentimentos muito profundos com este Estado”, enfatizou, acrescentando que o Acre é um exemplo de inserção do Brasil na América Latina pela sua história de luta para pertencer ao país.

Sobre a importância do evento no Acre, o Presidente do Colégio destacou: “A realização deste Encontro aqui no Acre, tem, além dos interesses e das práticas que iremos tratar internamente, um significado interno muito importante, porque o Colégio quer demonstrar ao Brasil o seu interesse em tratar de igual todos os Estados da Federação, fazer com que todos nós nos sintamos de uma mesma forma brasileiros, sejam do Acre, do Rio grande do Sul ou de qualquer outra região do país”.

Na avaliação de Faver, “essa manifestação do Colégio de Presidentes é a expressão externa mais autêntica daquilo que pregamos”, disse. Desde sua criação no ano de 1992, o Colégio de Presidentes desenvolve uma atividade que procura unir os Tribunais de Justiça, intercambiar experiências entre nós, verificar as gestões administrativas e políticas que deram certo em um Estado e que podem ser repassadas aos demais.

Após a solenidade de abertura, os participantes do Encontro assistiram à ópera “Aquiry – A Luta de um Povo”, que retrata a luta do gaúcho José Plácido de Castro no processo revolucionário contra a Bolívia, que tornou o Acre um Estado brasileiro.

 

Confira a Galeria de Imagens.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 17/10/2008