Iniciado júri popular de trio acusado de homicídio triplamente qualificado

Previsão é que o júri dure em torno de três dias. Estão previstas para serem ouvidas cinco testemunhas do Ministério Público e nove testemunhas da defesa, além do depoimento dos três réus

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco iniciou nesta terça-feira, 20, o júri popular do trio acusado de assassinar e ocultar os cadáveres de três jovens. O crime bárbaro ocorreu em agosto de 2018 e comoveu a população acreana pela forma como foi praticado. A previsão é que o júri dure em torno de três dias.

Estão previstas para serem ouvidas cinco testemunhas do Ministério Público e nove testemunhas da defesa, além do depoimento dos três réus. O júri ocorre na Cidade da Justiça, em modalidade presencial, atendendo a todas as recomendações sanitárias para evitar a proliferação da COVID-19.

De acordo com os autos, as vítimas desapareceram no dia 6 de agosto de 2018, após saírem de uma festa agropecuária (Expoacre), realizada anualmente em Rio Branco. Os três foram encontrados dias após o crime.

O jovem de 18 anos de idade foi esfaqueado e atirado dentro de um poço ainda vivo e morreu afogado.  A adolescente de 13 anos foi achada morta em uma área de mata e a outra adolescente, de 14 anos, a ossada dela foi encontrada em formato de triângulo. Há suspeita de que o corpo da vítima teria sido queimado.

O trio é acusado de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e feminicídio.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,

Fonte: Atualizado em 20/10/2020