I Jornada de Estudos 2010 da ESMAC: evento reúne a magistratura do Acre

A abertura da I Jornada de Estudos 2010 da Escola Superior da Magistratura do Acre aconteceu na tarde de quinta-feira (05), no plenário do Palácio da Justiça, reunindo magistrados de todo o Estado, membros do Ministério Público, Justiça Federal e Procuradoria da República.

O Presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Adair Longuini, realizou a abertura e destacou que “A Escola continua a cumprir o aperfeiçoamento do magistrado no aprendizado para melhor desempenhar seu papel jurisdicional”.

A Diretora da Escola Superior da Magistratura do Acre, Desembargadora Eva Evangelista, que também esteve na abertura da Jornada, afirmou: “este encontro serve como um momento de troca de conhecimentos entre os magistrados e onde podemos conhecer um pouco mais do trabalho que cada juiz realiza em sua comarca.”

A programação de estudos teve início com a palestra do Juiz de Direito Laudivon Nogueira sobre “A mediação como técnica de aprimoramento do atuar deontológico do magistrado”. Ele indicou 12 ferramentas a serem utilizadas em audiências de conciliação como estímulo para o desenvolvimento de uma nova cultura de pacificação, despertando nos magistrados a importância de assimilar conhecimentos interdisciplinares como medida de investimento no seu próprio desenvolvimento como ser humano.

Terminada a palestra do primeiro dia da Jornada, a Diretora da ESMAC, Desembargadora Eva Evangelista, conduziu o lançamento do Segundo Volume da Revista ESMAC, com coletânea de Trabalhos de Conclusão de Curso e Artigos Científicos dos magistrados.

“A Revista ESMAC credencia-se como um veículo necessariamente criado para a produção e difusão do conhecimento, além de consolidar-se como instrumento propiciador do intercâmbio de idéias inovadoras sobre um novo olhar e um novo fazer do Sistema de Acesso à Justiça, do qual nós somos artífices primordiais”, ressaltou a Desembargadora ao fazer a leitura da apresentação da Revista.

A Jornada continuou na quinta-feira (06), pela manhã, na Sala de Aula da Escola da Magistratura, quando foram debatidas temáticas relacionadas ao “Processo Judicial Eletrônico”, com o Presidente em exercício do TJAC, Desembargador Adair José Longuini, e com os Juízes de Direito Laudivon Nogueira e Elcio Sabo Mendes Júnior.

Também na parte da manhã, a Desembargadora Eva Evangelista ministrou a palestra “Educação à Distância: a disseminação do conhecimento e da capacitação de Magistrados na sociedade global – Acre-Brasil”, tema apresentado pela Desembargadora no Guide International Workshop, realizado em março deste ano, em Roma, na Itália.

Já na parte da tarde, no plenário do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC), os participantes acompanharam um painel sobre “Direito Eleitoral”, apresentado pelo Desembargador Arquilau, Presidente da Corte Eleitoral do Acre, juntamente com Juízes Federais Marcelo Bassetto e David Wilson Pardo, e o Juiz de Direto e Membro do TRE-AC, Laudivon Nogueira. A Juíza de Direito Regina Longuini encerrou a programação do dia com a apresentação da sua Dissertação de Mestrado intitulada “Origem e propósito da Lei 9.840/90”, recentemente defendida.

Confira aqui a programação completa do evento, que se encerrou na sexta-feira (07), com atividades no plenário do Palácio da Justiça. Convidado especial, o Desembargador Carmo Antônio, Diretor da Escola da Magistratura do Amapá, apresentou a experiência da Escola Judicial na preparação e formação dos magistrados daquele Estado. Em seguida, o Corregedor Geral da Justiça do Acre, Desembargador Samoel Evangelista, discutiu as atuais Metas e Ações Estratégicas do Poder Judiciário Nacional. Por fim, os Juízes de Direito do Acre participaram do painel “Boas Práticas de Gestão”.

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 10/05/2010