Gilberto Siqueira recebe homenagem do TJ

A coordenadoria do Projeto Cidadão e a administração do Tribunal de Justiça do Acre homenagearam na manhã desta segunda-feira o secretário estadual de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Gilberto Siqueira, pelo apoio prestado ao Projeto Cidadão nos últimos 10 anos e também pelo apoio que tem dado à administração do TJ nos últimos anos. Apoio este lembrou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Samoel Evangelista, não apenas ao Projeto Cidadão, mas também à liberação de recursos federais para projetos importantes da justiça acreana, como a implantação dos Centros Integrados de Cidadania (CIC) no interior e consolidação do Projeto Cidadão, Justiça Comunitária, da nova sede do Tribunal. “Penso que é importante destacarmos este trabalho, pois foi através deste apoio que muitas de nossas obras foram viabilizadas e penso, também que é importante termos o nome de Gilberto Siqueira gravado na placa de inauguração do nosso Museu da Justiça, que iremos concluir este ano, pois seu apoio foi imprescindível na liberação dos recursos”, disse Samoel Evangelista. Outro apoio importante de Gilberto Siqueira ao Tribunal de Justiça, lembrou a desembargadora Eva Evangelista, vice-presidente da Corte e coordenadora da Escola Superior da Magistratura Acreana (Esmac) refere-se à garantia no Orçamento de 2006 dos necessários para implantação do MBA em Gestão do Poder Judiciário que se inicia ainda este mês, numa pareceria do TJ com a Fundação Getúlio Vargas e apoio do governo do Estado, destinada a Magistrados de todo o Estado. O desembargador Arquilau Melo fez questão de agradecer o apoio de Siqueira ao Projeto Cidadão desde a sua implantação, há 10 anos e a todas as ações do TJ desde o início da primeira gestão do governador Jorge Viana. “Quantas vezes não fomos a Brasília em busca de recursos? Quantas vezes o trabalho de Gilberto Siqueira não foi fundamental para a garantia da liberação destes recursos? Foram muitas as vezes e é por isso que essa homenagem é mais do que justa”, disse o desembargador.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 20/03/2006