Fórum Barão do Rio Branco: presidente e corregedor do TJAC fiscalizam obras de reforma

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Roberto Barros, e o corregedor geral da justiça, desembargador Pedro Ranzi, realizaram uma visita de inspeção às obras de reforma do Fórum Barão do Rio Branco, nesta segunda-feira (15).

Acompanharam a visita o juiz-auxiliar da presidência, Cloves Ferreira; a diretora da Regional do Vale do Alto Acre, Caruline Simão e servidores da Diretoria de Logística.

Durante a vistoria, o presidente ressaltou que, no decorrer da reforma, os trabalhos no Fórum não serão suspensos. “O Tribunal optou por manter o atendimento ao público, mesmo durante a reforma. Nesta fase inicial, estamos concentrando o trabalho na parte do telhado do Fórum Barão do Rio Branco. Em seguida, iremos promover a manutenção de toda a parte elétrica do prédio.”.

Roberto Barros recordou que, apesar da reforma durar entre dois a três meses, o período de adequação de alguns setores do Fórum deve ser menor. “A adaptação e modificação dos locais de atendimento ao público deve durar menos tempo. No máximo, em um mês, uma parte do pessoal já deve retornar para os seus espaços anteriores de trabalho e, assim, vamos concluir o serviço.”.

O desembargador-presidente destacou ainda as ações efetivadas para assegurar a continuidade dos serviços de atendimento ao público. “Nós estamos mudando alguns locais de atendimento, mas todos ocorrerão aqui no Fórum Barão do Rio Branco, principalmente, nas Varas de Família, que fazem muitas audiências. As audiências estão mantidas porém ocorrerão em outros locais dentro do Fórum”.

Novo mobiliário e equipamentos

Além da reforma das instalações, o TJAC tem promovido investimentos na modernização do mobiliário e equipamentos de informática de diversas unidades jurisdicionais, dentre estas, o Fórum Barão do Rio Branco. Algumas salas já contam com novos computadores, cadeiras, mesas e armários.

O objetivo desta ação é garantir que magistrados, servidores e colaboradores tenham um local adequado para desenvolver o seu trabalho e prestar um bom serviço para a comunidade.

Com estas iniciativas, o Tribunal de Justiça contribui com a manutenção da segurança para jurisdicionados, servidores e magistrados e melhoria das condições de trabalho dos magistrados e servidores, bem como do acesso aos cidadãos.

Postado em: Notícias | Tags:, ,

Fonte: Atualizado em 15/10/2014