Esporte, cidadania e saúde são fomentados com recursos de penas pecuniárias em Epitaciolândia

As entidades interessadas em receber esse recurso devem cumprir as exigências do edital em andamento.

O fundo de penas pecuniárias arrecadado na Comarca de Epitaciolândia beneficiou 19 entidades no ano de 2018. E para este ano, o cadastro de projetos está aberto até o dia 9 de abril.

Os recursos repassados têm se transformado em atividades esportivas, culturais, de cidadania e saúde. A juíza de Direito Joelma Nogueira enfatizou a relevância social de todas as iniciativas. “É louvável que ações dessa natureza sejam implementadas pelos gestores das instituições governamentais e não-governamentais, mesmo sem apoio do Executivo”, ressaltou a magistrada.

Três escolas municipais apresentaram propostas para investir na educação das crianças e adolescentes de Epitaciolândia. Com as verbas recebidas do Poder Judiciário, foi possível criar uma biblioteca inclusiva, espaço para brincadeiras, realizar feira de ciências e gincana. Assim, o aprendizado interdisciplinar foi apoiado para complementar o desenvolvimento escolar dos estudantes.

Na área da saúde, os principais contemplados foram o Desafio Jovem Peniel, relacionado à comunidade terapêutica e tratamento de dependentes químicos, e a Associação Sorriso Amigo Câncer Terapia, que comprou equipamentos e móveis para sua sede.

No esporte, foi apoiada a capoeira e o futebol, na qual jovens e crianças em vulnerabilidade tiveram nas atividades físicas mais do que lazer, mas lições de equilíbrio e convivência. Contudo, os idosos também foram atendidos em outros três projetos.

De acordo com a prestação de contas do Centro de Referência do Idoso (CRIE), o investimento viabilizou a realização de mais atividades, como artesanato e hidroginástica, que elevaram o patamar de qualidade de vida e bem-estar desse público.

Por fim, o Proerd e Bombeiro Mirim integram a lista de selecionados, que seguem fortalecendo o exercício de cidadania no Alto Acre. Só o Corpo de Bombeiros Militar do Acre foi atendido com mais de R$ 20 mil do fundo de penas pecuniárias.

Editais em andamento 

 

 

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:,