Esmac prioriza formação de magistrados

Prioridade total à formação de magistrados. Esse é o principal compromisso da Escola Superior da Magistratura do Acre (Esmac) para este ano. A notícia é do diretor da escola, desembargador Pedro Ranzi, que irá centrar todos os esforços, juntamente com sua equipe, para fortalecer a Esmac e ampliar os raios de ação nos campos educacional e jurídico dentro do Estado. Com total apoio da presidente e da corregedora do Tribunal de Justiça, desembargadoras Izaura Maia e Eva Evangelista, Ranzi tem dito que não será tarefa das mais difíceis fazer um bom trabalho na escola nesses dois anos. “Nosso trabalho tem tudo para ser um grande sucesso, e será, porque além de uma equipe competente que me assessora, tenho todo o apoio de minhas colegas desembargadoras que comigo dirigem o TJ, Izaura e Eva, duas mulheres por quem tenho o mais profundo respeito e carinho e com quem sei que poderei contar para as ações à frente da Esmac”, frisou Ranzi. O desembargador lembrou ontem que a escola está centrada nesse instante em dar continuidade ao programa MBA em Poder Judiciário, iniciado em 2006, quando a diretora da escola era a desembargadora Eva Evangelista. “Esse é nosso foco, evidente que sem perder de vista outras atividades sob nossa responsabilidade”, destacou o diretor da Esmac. Ranzi lembrou que o ano letivo da Esmac foi aberto no dia 1º de março com uma palestra do desembargador aposentado Jorge Araken. “A partir dali não paramos mais. Nosso conselho consultivo, que é quem define a linha de ação da escola, que é quem estabelece as diretrizes do ano, está em permanente discussão sobre nosso plano de ação”, frisou o desembargador, lembrando que já fazem parte do calendário da escola para este ano, além de três encontros temáticos destinados aos magistrados do Poder Judiciário acreano, três conferências abertas à comunidade jurídica. Sobre as aulas do MBA em Gestão do Poder Judiciário, o desembargador, que também é vice-presidente do TJ, informou que está confirmada para os dias 27 e 28 deste mês mais uma etapa do programa, agora com o professor-doutor José Guilherme Vase Werner, da Fundação Getúlio Vargas, que abordará junto aos mais de 40 participantes do MBA sobre uma das mais modernas e eficientes ferramentas do Judiciário brasileiro, os Juizados Especiais. (Da Assessoria de Imprensa da ESMAC)

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 10/04/2007