Escola do Poder Judiciário encerra primeira oficina pedagógica

A Escola do Poder Judiciário do Acre (Esjud) realizou nesta semana a primeira oficina destinada à capacitação de servidores que atuam como facilitadores em cursos de formação inicial e continuada.

No primeiro dia (15), as atividades foram conduzidas pelo juiz Laudivon Nogueira, abordando o tema “A Importância da Esjud no Processo de Modernização do Poder Judiciário”, e pela psicóloga Tatiana Mendes, sobre técnicas de motivação e dinâmica.

Já no segundo dia (16), a oficina foi conduzida pelos servidores da Esjud, Cláudia Barrozo, Juraci Nunes e Alexandre Bomfim, que apresentaram a estrutura, atribuições da escola, diretrizes básicas para a capacitação de servidores do Poder Judiciário e o resultado quantitativo da avaliação diagnóstica realizada com servidores de magistrados.

A oficina é parte integrante do plano de capacitação para o biênio 2013/2015 da Escola, fundamentado na Resolução nº126 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Resolução nº 01 da Escola Nacional de Ensino e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Elas estão ligadas ao Planejamento Estratégico do Tribunal de Justiça, como também ao Plano de Cargo, Carreira e Remuneração dos Servidores do Poder Judiciário (PCCR).

A atividade proporcionou o alinhamento de informações sobre a nova estrutura da Esjud e o compartilhamento de conhecimentos. Na ocasião, foram apresentados os temas que serão tratados nas próximas oficinas pedagógicas.

Na próxima semana, a Esjud dará início aos primeiros cursos dessa nova fase. Entre os dias 23 e 26 de abril, será realizado o curso de “Noções de Direito Administrativo” para servidores e estagiários. Já nos dias 25 e 26, acontecerá o curso de “Interceptação Telefônica – Sistemas Sombra e Guardião”, destinado a magistrados e promotores de Justiça.

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Atualizado em 09/06/2015