Escola da Magistratura inicia calendário de atividades em 2010

Aula inaugural contou com palestra do Desembargador Antonio Rulli, do Tribunal de Justiça de São Paulo e Presidente do Copedem 

Juízes, promotores, procuradores, advogados, assessores e servidores do Judiciário participaram na tarde de ontem (04) do evento de abertura das atividades da Escola Superior da Magistratura do Acre em 2010. O Desembargador Adair Longuini, Presidente em exercício do Tribunal de Justiça, e a Diretora da Escola, Desembargador Eva Evangelista, conduziram a solenidade realizada no plenário do Palácio da Justiça.

Estiveram presentes a Procuradora Geral do Estado em exercício, Marize Anna Singüi, que também representou o Governador Binho Marques; o Procurador Geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Sammy Barbosa; o Juiz Federal e Diretor da Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) Marcelo Bassetto; o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Acre, advogado Florindo Poersch; o Vice-Diretor da Faculdade da Amazônia Ocidental, professor Carlos Corrêa; e a Juíza de Direito Regina Longuini, representando o Conselho Consultivo da Escola da Magistratura.

O Desembargador Antonio Rulli Júnior, Membro do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e Presidente do Colégio Permanente de Diretores das Escolas Estaduais de Magistratura, foi o convidado especial para proferir a palestra “Educação à distância, sociedade da informação, jurisdição, teleconferência e Internet”, como aula inaugural da ESMAC.

Ao declarar abertos os trabalhos da Escola, o Desembargador Adair Longuini ressaltou a importância do tema da educação à distância como ferramenta indispensável para a capacitação continuada de magistrados e servidores da Justiça.

“Em decisão recente, o Conselho Nacional de Justiça estabeleceu como uma de suas metas prioritárias a promoção de cursos de capacitação em administração judiciária, priorizando o ensino à distância. Como se vê, o próprio CNJ está nos direcionando para esse sentindo, pois reconhece as imensas possibilidades desse mecanismo”.

A Desembargadora Eva Evangelista agradeceu a presença dos participantes e a disponibilidade do Desembargador Rulli em se fazer presente na abertura das atividades da ESMAC. “Muito obrigada Desembargador Rulli por sua presença e pelo carinho demonstrado para com a Magistratura do Estado do Acre”.

Na oportunidade, Rulli presenteou Eva Evangelista com um exemplar do anuário e uma cópia do vídeo institucional da Escola Paulista da Magistratura, da qual ele também foi diretor. “A Desembargadora Eva sempre irradia entusiasmo e otimismo nas questões referentes às Escola da Magistratura. É muito difícil desempenhar esse trabalho institucional, pois é necessário ter sensibilidade e dedicação, acompanhar resultados e atuar sempre como agente motivador do conhecimento e da educação continuada”.

Em retribuição, Eva Evangelista presenteou o colega magistrado com o primeiro volume da Revista ESMAC, com o Informativo da Escola e com um quadro de marchetaria alusivo ao Projeto Cidadão, que simboliza a arte acreana. “Essa produção em marchetaria, que expressa a arte acreana, simboliza o nosso povo. O quadro é comemorativo ao Projeto Cidadão do Acre, uma ação social que leva cidadania aos locais mais distantes do osso Estado”, ressaltou a Desembargadora.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da ESMAC)

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 05/03/2010