Equipes de Juizados Especiais são capacitadas para audiências por videoconferência

A modalidade de trabalho tem sido adaptada ao momento atual, a fim de que os direitos sejam garantidos e o cidadão continue sendo amparado pela Justiça

O avanço da virtualização tem sido o caminho adotado pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJAC). Na quarta-feira, 27, foi realizado um treinamento com servidores, juízes leigos e conciliadores pertencentes aos Juizados Especiais sobre a plataforma emergencial de videoconferência para atos processuais disponibilizada pelo Conselho Nacional de Justiça.

O webinário capacitou 140 participantes e teve como facilitadores o juiz de Direito Gilberto Matos e Emmanoel Porfírio, diretor de secretaria do 2º Juizado Especial Criminal de Rio Branco. Eles apresentaram os aspectos práticos de uso do Cisco Webex e relacionaram as ferramentas, bem como detalhes técnicos sobre a prática, como transporte de áudio para o Saj.

O desembargador Samoel Evangelista, coordenador dos Juizados Especiais do Acre, destacou da importância da realização das audiências de conciliação e instrução por videoconferência para que se possa continuar prestando jurisdição.

A juíza de Direito Zenice Mota, diretora do Foro de Rio Branco, afirmou que o treinamento alcançou as expectativas esperadas. “Foi uma grande reunião, composta por pessoas interessadas em aprender e comprometidas em realizar. Todos são essenciais na organização e manuseio da plataforma Webex, para garantir a efetividade das audiências por videoconferência no nosso estado”, concluiu a magistrada.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: GECOM Atualizado em 28/05/2020