Enchente do Rio Acre: Tribunal de Justiça realiza força-tarefa na Comarca de Xapuri

O Tribunal de Justiça do Acre realizou nesta sexta-feira (27) uma força-tarefa na Comarca de Xapuri, distante cerca de 190 km de Rio Branco. O objetivo da agenda institucional foi o de prestar solidariedade ao juiz e aos servidores que atuam na unidade judiciária.

Na visita oficial de trabalho, a desembargadora-presidente Cezarinete Angelim esteve acompanhada do diretor de logística, Augusto Mota, da diretora regional, Aparecida Bardales e do assessor-chefe militar, tenente-coronel Glayson Dantas.

Na quinta-feira (26), junto com as desembargadoras Denise Bonfim (vice-presidente) e Regina Ferrari (corregedora geral da Justiça), a presidente já havia lançado por meio de uma coletiva de imprensa a campanha ‘Judiciário Solidário’, cujo objetivo é a arrecadação de donativos e ajuda às famílias desalojadas pela enchente do Rio Acre. Ainda a respeito da campanha, foram firmadas no mesmo dia parcerias com Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) e com o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Acre (Sinspjac).

A campanha não se restringe a ajudar magistrados e servidores, antes pelo contrário, é voltada principalmente ao público externo, à população. Cezarinete Angelim destacou qual é a principal missão de quem atua no Poder Judiciário. “Quem não vive para servir, não serve para viver”, sustentou, reiterando uma das principais metas da sua gestão, que é a Justiça social.

A união de esforços visa dar dignidade às famílias que sofrem com as consequências das cheias, para que possam suportar nesta primeira fase por meio do apoio, acolhimento e fraternidade da Justiça.

A equipe que integra a Administração do TJAC foi recebida pelo juiz de Direito Luís Gustavo, titular da unidade, o qual recebeu das mãos da presidente os termos de suspensão do expediente forense interno e externo na Comarca, até o dia 8 de março.

Eles estiveram não apenas nas dependências do Fórum de Xapuri, mas também percorreram de barco as ruas alagadas do município, para acompanhar de perto os efeitos devastadores das águas nesses últimos dias. O Rio Acre continua subindo, sendo que a última medição realizada nesta sexta-feira registrou a cota de 18,28 metros. Cinco bairros e a zona rural já foram afetados pela enchente na região.

O Tribunal de Justiça Acreano também realizou força-tarefa nas Comarcas de Brasiléia e Epitaciolândia com o mesmo propósito.

AGÊNCIA TJAC
GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO – GECOM

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: DITEC Atualizado em 27/02/2015