Em visita pelas Comarcas de Tarauacá e Feijó, Presidente do TJAC anuncia investimentos

Como parte da agenda de visitas a todas as comarcas do Estado, o Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, Desembargador Pedro Ranzi, esteve no dia 12 deste mês nas comarcas de Tarauacá e Feijó.

O Presidente e sua comitiva foram recebidos pelos magistrados e servidores locais, que os explicaram sobre as atuais condições físicas e técnicas das unidades. Além disso, Pedro Ranzi fez questão de discutir com os servidores soluções para os problemas que afetam as atividades da Justiça no município, com vistas à melhoria da prestação jurisdicional.

Na Comarca de Tarauacá, sob responsabilidade da Juíza de Direito Substituta Andréa Brito, o Presidente percorreu todas as dependências do Fórum Desembargador Mário Strano, que passará por uma ampla reforma nos próximos dias.

Em reunião com a equipe de servidores da Comarca, assim como fez nas demais unidades por onde passou, ele expôs as metas de sua gestão, agradeceu o apoio concedido à atual Administração do TJAC e pediu empenho para o cumprimento da Meta 2 do Conselho Nacional de Justiça, de julgar, até 31 de dezembro de 2009, todos os processos ingressos na Justiça até 2005.

Em seguida ele ouviu as reivindicações dos servidores, que se mostraram satisfeitos com a visita. "Os senhores servidores são o maior patrimônio do nosso Tribunal", afirmou o Presidente, ao elogiar o empenho e a dedicação dos trabalhadores do Judiciário acreano.

Na passagem pela Comarca de Feijó, o Desembargador Pedro Ranzi foi recepcionado pela Juíza de Direito Substituta Shirlei Menezes, que deu as boas vindas e acompanhou os visitantes na vistoria às dependências do Fórum Dr. Quirino Lucas de Moraes e demais unidades.

Após se reunir com os servidores, o Presidente do TJAC se encontrou com a equipe da Prefeitura de Feijó, que lhe mostrou a área de 7.258 metros quadrados doada ao Judiciário para construção do novo Fórum da Comarca. A lei que autoriza a doação da área já, inclusive, aprovada pela Câmara de Vereadores do Município. O local reunirá todas as unidades e serviços prestados pela Justiça local e tem custo estimado em mais de R$ 2 milhões.

Ao avaliar sua visita às Comarcas do Vale do Juruá e do Envira, Pedro Ranzi disse que estava satisfeito com o trabalho desenvolvido pelos magistrados e servidores. Também fez questão de agradecer o apoio que sua gestão tem recebido das instituições estaduais e municipais, e manifestou seu desejo de continuar trabalhando em parceria para melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados ao cidadão. "Entendo que as instituições precisam estar sempre conversando entre si, pois o cidadão acaba sendo o maior beneficiado", concluiu.

 

 

Postado em: Notícias | Tags: Sem tags

Fonte: Publicado em 22/06/2009