Em reunião de alinhamento, Tribunal de Justiça, Defensoria e MPAC acertam os últimos detalhes para ação social na Cidade do Povo

Ação “Justiça e Cidadania”, promovida pelas três instituições, leva mais de 30 serviços e atendimentos àquela comunidade, na sexta-feira, 28, das 8h às 15h.

Foi realizada nesta quinta-feira, 27, encontro para alinhamento dos detalhes finais da ação social “Justiça e Cidadania: compromisso social com o cidadão”, que acontece amanhã, sexta-feira, 28, das 8h às 15h, na na Escola Técnica Campos Pereira, Cidade do Povo, e é realizada pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e pela Defensoria Pública do Estado e mais de 40 parceiros.

A ação congrega os projetos de cada uma das três instituições, o Projeto Cidadão do TJAC, o Defensoria na Comunidade e o MP na Comunidade, que estarão ofertando mais de 30 tipos de serviços e atendimentos, nas áreas de saúde, emissão de documentos, audiências judiciais e momentos de lazer e conscientização.

A desembargadora Eva Evangelista, coordenadora do Projeto Cidadão do TJAC, o promotor do MPAC, João Pires, o defensor, Celso Araújo e o juiz de Direito Edinaldo Muniz, titular da Vara de Registros Públicos, Órfãos e Sucessões e de Cartas Precatórias Cíveis da Comarca de Rio Branco, estavam presentes na reunião, que aconteceu no Palácio da Justiça.

“A parceria se revela muito importante, porque é uma conjugação de forças, e essa segunda edição de 2019 há um compromisso dos realizadores, no caso o Tribunal de Justiça, o Ministério Público e a Defensoria Pública e com o apoio do Estado e mais de 40 parceiros. Enfim, todas as instituições envolvidas em um único sentido, que é atender o cidadão”, asseverou a desembargadora Eva Evangelista.

Ao final, os presentes foram homenageados com uma apresentação musical de seis crianças que são integrantes do projeto “Amigos Solidários: dê a mão a quem precisa”, sob a coordenação do funcionário público Derineudo Souza. O projeto é uma iniciativa de um grupo de pessoas voluntárias que atendem 630 e crianças de bairros periféricos da capital acreana, com oficinas de música, ginástica rítmica, balé, artes, defesa pessoal, atletismo, natação e outros esportes.

Postado em: Galeria, Notícias | Tags:

Fonte: Diretor da DIINS Atualizado em 27/06/2019